Publicidade

Estado de Minas ANÁLISE

Serasa: pedidos de falências crescem 58,3% em março

Em Minas já foram registrados 12 pedidos neste ano; setores de serviços, indústria e comércio puxam a elevação


12/04/2021 16:54 - atualizado 12/04/2021 17:42

Os números estão ligados ao crescimento da inadimplência das empresas durante a pandemia(foto: Reprodução/Pixabay)
Os números estão ligados ao crescimento da inadimplência das empresas durante a pandemia (foto: Reprodução/Pixabay)
 
Um levantamento da Serasa Experian mostrou que, somente em março de 2021, foram feitos 95 pedidos de falência em todo o Brasil – crescimento de 58,3%, em comparação com o mesmo período de 2020. Além disso, a variação mensal apresentou elevação de 13,1%.
 

Em Minas Gerais, foram três pedidos em março de 2021, mesma quantia de fevereiro. No total, já são 12 neste ano. Por outro lado, no ano passado houve 20 pedidos, sendo sete somente em março.

Segundo a análise, em Minas já foram decretadas cinco falências em 2021, sendo duas em março. Em 2020, o número de falências chegou 18. 

(foto: Divulgação/Serasa)
(foto: Divulgação/Serasa)

 
O economista da Serasa Experian, Luiz Rabi, afirma que os dados estão ligados ao aumento da inadimplência das empresas, uma das principais dificuldades enfrentadas durante a pandemia de COVID-19. 

“Muitos negócios não conseguiram se manter neste período de distanciamento social e acabaram recorrendo ao pedido de falências para quitar as dívidas com os credores. O grande volume em serviços é um reflexo do fechamento de restaurantes, cinemas, teatros e outras atividades por conta da pandemia”, disse.

As microempresas continuam à frente (46). Em seguida, aparecem as médias (27) e grandes (22).
 
MARÇO 2020:
 
(foto: Divulgação/Serasa)
(foto: Divulgação/Serasa)
 

Legenda 
FAL. REQ. - Falências Requeridas
FAL. DEC. - Falências Decretadas
REC. JUD. REQ. - Recuperação Judicial Requerida
REC. JUD. DEF. - Recuperação Judicial Deferida
REC. JUD. CON. - Recuperação Judicial Concedida
REC. EXTRAJUD. REQ. - Recuperação Extrajudicial Requerida
REC. EXTRAJUD. HOM. - Recuperação Extrajudicial Homologada
 
MARÇO 2021:
 
(foto: Divulgação/Serasa)
(foto: Divulgação/Serasa)
 
 

Recuperação judicial


Diferentemente dos pedidos de falências, as requisições de recuperação judicial demonstraram queda nos dois comparativos. 

Na análise anual, a redução foi de 4,9%. Já no comparativo entre março e fevereiro deste ano, a variação negativa foi de 13,3%.

Luiz Rabi também explica que a redução se deve a uma série de incentivos dados às empresas durante a pandemia, além da mudança na lei.

“Antes de partir para um pedido de recuperação judicial, os negócios buscaram alternativas com os credores, aumentando prazos e novas linhas de crédito, por exemplo. Além disso, houve a aprovação de uma nova lei que tem como objetivo tornar os processos mais eficientes, portanto muitas pessoas jurídicas estão aguardando esta definição para seguir com as requisições”, comenta.

Em Minas Gerais, não foi registrada nenhuma requisição de recuperação judicial em março deste ano, mas, em janeiro e fevereiro, foram seis pedidos. No ano passado, foram 52 requisições apenas em novembro.

A queda no mês, com relação a 2019, foi de 54,5%, com maior participação das micro e pequenas empresas.

O setor de serviços teve o maior número de pedidos, seguido do comércio e da indústria.

De janeiro a novembro de 2020, foram 1.106 requisições de recuperação judicial.

*Estagiário sob supervisão da subeditora Kelen Cristina


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade