Publicidade

Estado de Minas PESQUISA DE PREÇOS

Preço do gás de cozinha varia até 53% em BH e região

Levantamento do site Mercado Mineiro foi realizado na semana passada em mais de 100 estabelecimentos. Pesquisa dos combustíveis também foi atualizada


12/04/2021 09:49 - atualizado 12/04/2021 10:00

Botijão de 13 quilos pode sair por até R$ 115 na Grande BH(foto: Jair Amaral/EM/D.A Press)
Botijão de 13 quilos pode sair por até R$ 115 na Grande BH (foto: Jair Amaral/EM/D.A Press)


O preço do gás de cozinha pode variar acima de 50% entre as distribuidoras de Belo Horizonte e da região metropolitana. É o que aponta a mais recente pesquisa do site Mercado Mineiro, divulgada nesta segunda-feira (12/4).

O levantamento foi realizado em 105 estabelecimentos na semana passada, entre os dias 8 e 9 de abril. 

O botijão de 13 quilos, se comprado na portaria, pode custar de R$ 75 a R$ 105, variação de 53%. Para entrega no próprio bairro, o preço vai de R$ 83 a R$ 115, variação de 38,55%.

O cilindro de 45 quilos, se entregue no próprio bairro, pode custar de R$ 330 a R$ 460, variação de 39%. Já na portaria da distribuidora, o mesmo cilindro sai por R$ 280 ou R$ 460, variação de 64%. 

“Comparamos os preços médios também. O consumidor já sabe o quanto o gás está aumentando desde janeiro. O preço médio do botijão entregue subiu 8,30%, ou R$ 7,04”, explica o economista Feliciano Abreu, coordenador do Mercado Mineiro. 

Segundo o levantamento, o botijão de 13 quilos, que em janeiro custava, em média, R$ 84,81 passou para R$ 91,85 quando entregue na própria região. Já o mesmo botijão quando se busca na distribuidora, saía por R$ 77,83 e agora subiu para R$ 84,80, um aumento de 8.96% ou R$ 6.97. 

O cilindro de 45 quilos custava pelo preço médio R$ 342,73, subiu para R$ 362,84, um aumento de 5,87% ou R$ 20,11, quando entregue na própria região. Quando o cilindro de 45 quilos é buscado na portaria, o valor que custava pelo preço médio R$ 328,87, passou para R$ 343,65, um aumento de 4.50% ou R$ 14,78.

Combustíveis

O Mercado Mineiro também atualizou a pesquisa de combustíveis na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Foram 145 postos pesquisados no mesmo período da semana passada. 

Segundo a pesquisa, a gasolina pode ser encontrada por R$ 5,48 ou R$ 5,99, variação de 9,35%. Nos últimos 30 dias, a gasolina que custava, em média, R$ 5,75 passou para R$ 5,76, uma estabilidade. 

“O etanol continua em queda pelo preço médio, sendo que no dia 18 de março custava R$ 4.207 passou para R$ 3.830, uma queda de -8.97% ou R$0.38 pelo litro. O menor preço do etanol é de R$ 3.656 e o maio R$4.269, com uma variação de 16.77%. O preço médio do etanol corresponde a 67% do valor da gasolina. Portanto é viável para abastecer com etanol ao invés da gasolina”, avalia o Mercado Mineiro. 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade