Publicidade

Estado de Minas Infestação

Secretaria do RS informa que gafanhotos vistos no estado não são danosos

Ocorrência dos insetos era esperada, devido ao clima seco e à falta de chuvas na região


02/12/2020 18:11 - atualizado 02/12/2020 19:55

Insetos não são de espécie destrutiva(foto: Senasa/Divulgação)
Insetos não são de espécie destrutiva (foto: Senasa/Divulgação)
A Secretaria de Agricultura do Rio Grande do Sul emitiu nesta quarta-feira (2/11) uma nota técnica sobre surtos de gafanhotos relatados em alguns municípios gaúchos, esclarecendo que não se trata de espécies migratórias ou danosas às lavouras. "Sua ocorrência é esperada, devido ao clima seco e à baixa precipitação acumulada nas últimas semanas de verão", informou a pasta.

As espécies foram identificadas pela pesquisadora Kátia Matiotti, da PUC-RS, como indivíduos adultos de Zoniopoda iheringi e ninfas de Chromacris speciosa, ambas da família Romaleidae, "que não têm hábitos migratórios", reforça a pesquisadora. "São espécies endêmicas, de ocorrência natural e que normalmente não são pragas de importância agrícola."

Ainda de acordo com a nota da secretaria gaúcha, "as espécies não correspondem à Schistocerca cancellata (gafanhoto que forma nuvens migratórias que atacam plantações), estando momentaneamente descartada a infestação por este gafanhoto migratório".

Conforme a nota técnica, redigida pelo "Comitê de Emergência Fitossanitária para Schistocerca cancellata", os surtos foram relatados nos municípios de Santo Augusto, São Valério do Sul e Bom Progresso. De todo modo, a secretaria informa que ambas as espécies estão sendo mantidas no Laboratório de Manejo Integrado de Pragas da Universidade Federal de Santa Maria para estudos. "

O governo gaúcho também orienta os produtores a não tomarem medidas de controle dessas espécies, "sob possibilidade de aumentar o desequilíbrio entre os inimigos naturais dessas espécies e agravar os danos futuramente".


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade