UAI
Publicidade

Estado de Minas BOM NEGÓCIO

COVID-19: Saiba como aproveitar ou doar suas milhas acumuladas

No momento em que as viagens ficaram mais complicadas, clientes podem utilizar pontos da forma mais lucrativa possível ou doá-los a entidades sociais


postado em 20/05/2020 16:29 / atualizado em 20/05/2020 18:05

Com a dificuldade de viagens, clientes poderão ter inúmeras outras vantagens no uso das milhagens(foto: Leandro Couri/EM/D.A Press)
Com a dificuldade de viagens, clientes poderão ter inúmeras outras vantagens no uso das milhagens (foto: Leandro Couri/EM/D.A Press)
Viajar neste período de pandemia do novo coronavírus se tornou mais difícil em função da necessidade do isolamento social recomendado por autoridades de saúde e da crise econômica que assola o mundo. Apesar disso, os turistas podem aproveitar promoções interessantes e utilizar as milhas acumuladas para passeios no futuro. Mesmo em tempos de COVID-19, o mercado de milhagem segue agitado, permitindo aos clientes se beneficiar dos pontos de outras maneiras.
 
Num momento em que viajar ficou mais complicado, é possível comprar passagens aéreas mais baratas com a opção de remarcá-las de forma gratuita. Para minimizar os prejuízos financeiros, todas as companhias aéreas têm permitido esse benefício, tendo em vista que a pandemia não tem data para terminar. Logo, caso uma pessoa adquira uma passagem agora, poderá remarcá-la para o fim do ano ou mesmo para 2021. 

Várias empresas também têm dado descontos aos clientes. Das promoções atuais, a Smiles concede 70% de bônus na compra de passagens aéreas com milhas, enquanto a Latam está dando 50% de bônus extras. Já no programa TudoAzul, chega a 100%. Na semana passada, a portuguesa TAP concedeu 120% em seu programa de milhagens. Desde o início da pandemia, surgiram promoções acima de 90%, com maior data de validade.

Além disso, o consumidor pode usar as milhas para trocar por produtos e serviços, fazer doações a hospitais e entidades filantrópicas e até revendê-las para ganhar um dinheiro extra.

Atenção para não sair no prejuízo

Há os programas de fidelidade dos cartões de crédito (vinculados aos bancos) e os das empresas aéreas. Mas a pessoa precisa ficar bem atenta para não perder os benefícios ou usar os pontos de maneira errada.

“Muita gente reclama que viajar é caro, mas é possível. Podemos viajar pagando preços mais acessíveis, ou até de graça, ficar hospedado em hotéis mais baratos e adquirir produtos. Temos que conscientizar que milhas valem dinheiro. Muitas pessoas deixam os pontos vencerem ou não se preocupam com isso. Fazem negócios ruins. Elas transferem os pontos do cartão para os programas de fidelidade sem aproveitar vantagem”, afirma o especialista do projeto Fábrica de Milhas, Rodrigo Góes.   

Ele explica que o momento não tem sido propício para a revenda das milhagens: "Nesse momento de crise, chegam as oportunidades. É propício para acúmulo de milhas. Estão surgindo oportunidades de transferência com bônus e aquisição de de bons voos com flexibilidade. Mas os preços das milhas caíram em virtude da redução dos voos e das compras. Por isso, é melhor acumulá-las”.

Para ganhar pontos, a melhor maneira é ir às compras on-line. “Existem várias formas de acumular milhas, como compras por cartão de crédito, viagens, compra de produtos com o parceiro de fidelidade e também aproveitando promoções de transferências”, explica o especialista.

Para aqueles que acumularam milhas e querem doar para entidades sociais ou hospitais, as próprias empresas do seguimento têm plataformas que permitem ao cliente repassar os pontos.
 

DICAS PARA APROVEITAR MELHOR SUAS MILHAS

1) Pagar os boletos do dia a dia com aplicativos estratégicos
Utilize aplicativos para o pagamento dos boletos (inclusive as contas fixas), como o Ame Digital, Mercado Pago e RecargaPay. Assim você paga com o cartão de crédito e acumula mais milhas em um gasto que você já teria, mas não estava aproveitando
 
2) Comprar de maneira estratégica
Assim como você pesquisa o preço dos produtos antes de comprar, vale a pena criar um alerta para as promoções que incluem ganho de milhas. Assim você adquire o item que já estava na sua lista e além do que ganharia por usar o cartão, acumula milhas bônus por comprar das promoções daquele site.

3) Transfira pontos somente com ganho de bônus
A maioria das pessoas ao transferir os pontos do cartão de crédito para os programas de fidelidade não se atentam às promoções e fazem a troca no 1 pra 1. Porém você só deve transferir se houver ganho de milhas bônus. Promoções como essas ocorrem mensalmente, pois os programas precisam convencer o cliente a transferir o que acumulou no cartão. Existem promoções de 60,80 e até 100% de ganho sob o que está transferindo, fique de olho. 

4) Comprar na Uber pela Smiles 
Raramente estamos saindo de casa, mas se você precisar em algum momento, basta comprar o saldo pela plataforma da Gol. Você gastará o mesmo valor do que o modo tradicional, mas acumulando mais pontos no cartão.

5) Abasteça o carro com os parceiros do seu programa de milhagem
Cada um tem o seu: a Latam Pass com o Ipiranga, a Smiles com a Shell e o Tudo Azul com a Petrobras. É a mesma lógica dos itens anteriores – você abastece, apresenta o número do CPF na hora de pagar e acumula pontos no programa de fidelidade do posto, que depois são transformados em milhas. 

6) Não desperdiçar oportunidades com o cartão
Não perca os benefícios de acumular milhas passando no débito. Isso vale tanto para as contas e compras do seu dia a dia quanto para aquelas que vão acumular milhas, pois ao pagar no crédito você acumula duplamente. E claro, não deixe suas milhas vencerem, porque isso significa perder dinheiro. 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade