Publicidade

Estado de Minas REFLEXOS DA PANDEMIA

Academia do Café da Savassi, em BH, fecha as portas por causa da pandemia

De acordo com nota do estabelecimento nas redes sociais, decisão de entregar o ponto na Região Centro-Sul da capital mineira aconteceu depois de várias tentativas de negociação


15/05/2020 21:55 - atualizado 15/05/2020 22:57

Júlia Fortini, da Academia do Café, que encerrou atividades na unidade Savassi(foto: Daniel Magalhães/Divulgação)
Júlia Fortini, da Academia do Café, que encerrou atividades na unidade Savassi (foto: Daniel Magalhães/Divulgação)

 

Mais um estabelecimento foi vítima do impacto econômico do novo coronavírus em Belo Horizonte. Desta vez, a unidade da Savassi da Academia do Café, local dedicado à bebida tão apreciada pelos brasileiros, fechou as portas.

 

A loja fechada funcionava na Rua Antônio de Albuquerque. "Depois de muitas tentativas e conversas, tivemos que tomar a difícil decisão de fechar a nossa unidade savassiana. Tentamos negociar até o último minuto, mas a triste situação da pandemia trouxe a necessidade de fechar nossas portas e entregar o ponto", explicou a gerência pelas redes sociais.

 

Com isso, a Academia do Café permanece apenas com sua unidade na Rua Grão Pará, no Bairro Funcionários, Centro-Sul de BH.

 

"Esse lugar sem as pessoas, sem os papos no deck, sem nosso mural que conta lindamente a história do café, sem a nossa história, é apenas um espaço. Assim que tudo isso passar vamos continuar essa trajetória em outro local, com toda certeza!", informou o estabelecimento.

 

A administração da marca garantiu que uma nova loja, talvez até mesmo na Savassi, deverá ser aberta após a pandemia. Contudo, não deu detalhes sobre o projeto.

 

Confira a nota completa do estabelecimento abaixo: 

 

Ver essa foto no Instagram

Savassi: foram dois anos de muita história, muito café delicioso e workshops ensinando o que a gente faz de melhor: café! Nos dedicamos de corpo e alma aos nossos clientes, amigos e colaboradores nesse espaço da Rua Antônio de Albuquerque! Criamos um novo ponto, uma nova clientela, espalhamos ainda mais a %u201Cpalavra do café especial%u201D! . . E depois de muitas tentativas e conversas, tivemos que tomar a difícil decisão de fechar a nossa unidade savassiana. Tentamos negociar até o último minuto, mas a triste situação da pandemia trouxe a necessidade de fechar nossas portas e entregar o ponto. . . Esse lugar sem as pessoas, sem os papos no deck, sem nosso mural do @conradoalmada que conta lindamente a história do café, sem a nossa história, é apenas um espaço. Assim que tudo isso passar vamos continuar essa trajetória em outro local, com toda certeza! Já, já a %u201Cunidade da Savassi%u201D tá de volta, talvez ainda na Savassi, talvez não! Não desistimos! Já começamos do zero uma vez e agora, com tanto apoio, clientes queridos e amigos, nossa volta será ainda mais prazerosa! Dessa vez não estamos no zero, temos muito. Isso não é um adeus para unidade da Savassi, apenas um "até breve". Enquanto isso, na Academia do Café da Rua Grão Pará, estamos a mil por hora, com entregas, cursos online e cafés pra levar! #apoieopequeno

Uma publicação compartilhada por Academia do Café - Brasil %uD83C%uDDE7%uD83C%uDDF7 (@academiadocafe) em

 

Outra vítima 

 

Além da Academia do Café, o coworking Guaja, que funcionava no Funcionários, também no Centro-Sul de BH, fechou as portas no início do mês. Foram sete anos na Rua Santa Rita Durão, que foram interrompidos por causa da pandemia da COVID-19.

 

"Os desdobramentos da atual crise e a imprevisibilidade trazida pela pandemia da Covid-19 nos exigiu a triste, embora necessária, decisão de fecharmos nossas portas. Nosso espaço na querida esquina da Afonso Pena não retomará suas atividades", disse o fundador do espaço, Lucas Durães, nas redes sociais.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade