Publicidade

Estado de Minas ECONOMIA

INSS receberá atestado pela internet; quem pedir auxílio-doença antecipa R$ 1.045

Caso os médicos peritos da Previdência não vejam necessidade na concessão do auxílio, o segurado não precisará devolver o que já recebeu se não houver indícios de fraude


postado em 10/04/2020 08:38 / atualizado em 10/04/2020 09:33

Agências do INSS estão fechadas para atendimento presencial por causa da pandemia do coronavírus(foto: Agência Brasil)
Agências do INSS estão fechadas para atendimento presencial por causa da pandemia do coronavírus (foto: Agência Brasil)
O INSS começou nessa quinta-feira, 9, a receber atestados médicos dos segurados em formato digital por meio do portal Meu INSS no computador ou aplicativo para celular. Quem usar a plataforma para encaminhar o documento e solicitar o auxílio-doença também receberá automaticamente uma antecipação de R$ 1.045, após a validação do atestado pela perícia médica do órgão.

A antecipação, no valor de um salário mínimo, foi aprovada pelo Congresso Nacional como uma das medidas de combate à pandemia do novo coronavírus. Com o avanço da doença no país, as agências do INSS estão fechadas até o fim de abril, com suspensão da perícia médica presencial.

Para não deixar os segurados desassistidos, a antecipação de R$ 1.045 ao mês será paga a quem solicitar o auxílio-doença, desde que forneça o atestado com as informações necessárias (como nome do médico, número do CRM, código da doença/CID, data específica do repouso) pelo Meu INSS a partir desta sexta.

O valor é próximo à cifra média dos auxílios concedidos pelo órgão: em janeiro, o valor médio dos auxílios-doença concedidos ficou em R$ 1.487,35.

A diferença será repassada ao beneficiário após a realização da perícia presencial. Caso os médicos do governo não vejam necessidade na concessão do auxílio, o segurado não receberá nenhum complemento, mas também não precisará devolver o que já recebeu se não houver indícios de tentativa de fraude.

Para quem já é cadastrado no Meu INSS, o processo é mais simples. Mas também é possível fazer a solicitação e encaminhar o atestado sem a necessidade de registro prévio no site.

O pedido pode ser feito pelo portal https://meu.inss.gov.br/ ou pelo aplicativo Meu INSS, disponível para celulares com sistema Android ou iOS.

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade