Publicidade

Estado de Minas ECONOMIA

Indústria opera em patamar semelhante a janeiro de 2009, diz IBGE


postado em 04/02/2020 13:02

A queda de 0,7% registrada pela indústria em dezembro ante novembro aumentou a distância entre o patamar de produção atual e o ponto mais elevado já registrado na série histórica da Pesquisa Industrial Mensal, divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em dezembro, o patamar de produção estava 18,0% menor que o auge alcançado em maio de 2011.

"Com aquela sequência de resultados positivos de agosto a outubro, o patamar (de produção) melhora, vai para março de 2009. E agora, com esses dois resultados negativos, volta para janeiro de 2009. Esses dois meses de quedas totalizaram uma perda de 2,4%, que eliminam aquele avanço que teve de agosto a outubro. Esse é o pior patamar de produção desde maio de 2018, quando teve a greve de caminhoneiros", observou André Macedo, gerente da Coordenação de Indústria do IBGE.

No mês de dezembro, a fabricação de bens de capital estava 41,9% abaixo do pico de produção registrado em setembro de 2013, enquanto os bens de consumo duráveis operavam 28,5% aquém do ápice de produção visto em junho de 2013.

Já os bens intermediários estavam 17,5% abaixo do pico visto em maio de 2011, e os bens de consumo semi e não duráveis operavam 10,8% aquém do auge registrado em junho de 2013.


Publicidade