Publicidade

Estado de Minas

Caixa promete agilizar saque do FGTS e evitar correria às agências

Instituição financeira anunciou abertura de canais de atendimento. Além do CPF, é melhor levar a carteira de trabalho. Campanha vai até 2020


postado em 19/10/2019 06:00 / atualizado em 19/10/2019 07:48

Movimento foi grande ontem em agência no Centro de BH, mas a Caixa dá orientações por telefone e aplicativo(foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press)
Movimento foi grande ontem em agência no Centro de BH, mas a Caixa dá orientações por telefone e aplicativo (foto: Juarez Rodrigues/EM/D.A Press)

Na segunda etapa da liberação do saque imediato do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), que começou ontem, a Caixa abriu vários canais de atendimento aos trabalhadores, desta vez aqueles que não têm conta na instituição financeira. As liberações vão beneficiar primeiro os nascidos em janeiro, que poderão sacar até R$ 500 de cada conta ativa ou inativa do fundo. O cronograma se dará de acordo com a data de nascimento. As agências de Belo Horizonte ficaram movimentadas, mas não houve maiores transtornos.
 
Trabalhadores ouvidos pelo Estado de Minas optaram por diferentes usos do dinheiro extraordinário, no entanto, uma preocupação é comum, a de não destinar os recursos ao simples consumo. Philippe Cainã, de 29 anos, é vendedor de medicamentos e pôde sacar até R$ 212. Ele explicou o fim que dará ao dinheiro: “Vai ser gasto com contas, ainda mais para mim, que tenho filho com necessidades especiais, alivia bem. Posso usar um outro recurso com meu filho, pois tem plano de saúde dele para pagar e medicamentos. Aí ajuda”.
 
Com outro perfil, o administrador Alberto Moreira, de 38 anos, vai tentar investir o montante sacado: “Pretendo fazer algum investimento. Com isso, vou poupar, a gente nunca sabe o dia de amanhã, hoje estou empregado, amanhã não sei, posso não estar daqui a um tempo. É melhor segurar”. A dona de casa Cidiana Helena, de 30 anos, recomenda aos trabalhadores que consultem primeiro se têm o direito ao recurso, antes de passar pela experiência de ir à agência. “É consultar primeiro a dica que dou. Pois aí você sabe quanto pode sacar, o limite, não tem nenhuma dúvida, fica melhor. Eu utilizaria o dinheiro para pagar contas de casa, nada de compras”.
 
Agência movimentada da Caixa no Centro de BH foi muito procurada ontem, mas o atendimento ficou sob controle, segundo o superintendente regional da Caixa, Marcelo Bomfim. Ele tranquilizou os trabalhadores que não puderam ir a uma agência. “Não precisa de correria, pois o prazo vai até 31 de março de 2020. Todos os trabalhadores terão até essa data para sacar. O esquema com base na data do nascimento tenta apenas organizar as coisas”, disse à reportagem do EM.
 
“Quem já foi creditado em conta recebeu. Agora, quem não tem conta, deve sacar na sala de autoatendimento e levar CPF e a senha do cartão cidadão. Pode ir em loterias também. Se perder a senha, é só ligar no telefone 0800 726 0207, que libera o cadastramento, pegar o cartão cidadão, ir ao local, cadastrar a nova senha e sacar”, complementou.
 
O superintendente da instituição também deu dicas ao contribuinte. “É importante que tragam a carteira de trabalho, pois, muitas vezes, o CPF da mãe ou do trabalhador está cadastrado em uma base diferente. Aí traz inconsistência. Com a carteira, ele corrige e saca normalmente. Outra coisa, não confiem em mensagens, a Caixa não manda WhatsApp para ninguém. E nossos funcionários sempre estarão identificados para evitar algum ‘espertinho’, que pode tentar pegar o dinheiro”. A Caixa estima que 4,1 milhões de pessoas saquem nessa etapa, com injeção de R$ 1,8 bilhão na economia.

Atendimento


Os saques de até R$ 500 podem ser feitos nas casas lotéricas e terminais de autoatendimento para quem tem senha do cartão cidadão. Quem tem cartão cidadão e senha pode sacar nos correspondentes Caixa Aqui, apresentando documento de identificação, ou em qualquer outro canal de atendimento. No caso dos saques de até R$ 100, a orientação da Caixa é de procurar casas lotéricas, com apresentação de documento de identificação original com foto.
 
As dúvidas sobre valores e a data do saque podem ser consultadas no aplicativo do FGTS (disponível para os sistemas operacionais Android e iOS), pelo site ou pelo telefone de atendimento exclusivo 0800 724 2019, disponível 24 horas. Caso o saque não seja feito até a data limite, os valores retornam para a conta do FGTS do trabalhador.

Horário especial


Para facilitar o atendimento, a Caixa vai abrir 2.302 agências em todo o país em horário estendido nas próximas segunda-feira e terça-feira. As agências que abrem às 8h terão o encerramento do atendimento duas horas depois do horário normal de término.
 
Já os pontos de atendimento que abrem às 9h terão funcionamento uma hora antes e uma hora depois. Aquelas que abrem às 10h iniciam o atendimento com duas horas de antecedência. E as que abrem às 11h também iniciam o atendimento duas horas antes do horário normal. A lista das agências com horário especial de atendimento pode ser consultada no site caixa.gov.br.



Publicidade