Publicidade

Estado de Minas ECONOMIA

Maia diz que ainda aguarda acordo do governo sobre cota para etanol


postado em 02/10/2019 15:27

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou que aguarda as diretrizes do governo do presidente Jair Bolsonaro sobre a cota para o etanol.

"Estou agora esperando uma resposta da ministra da Agricultura, Tereza Cristina, que estava terminando de fechar acordo com os produtores do Nordeste", disse Maia. "Espero que a Câmara não seja obrigada a pautar o projeto. Não queremos derrubar o decreto, mas não podemos aceitar que os produtores do Nordeste saiam prejudicados", disse.

A Câmara pode derrubar a decisão do governo brasileiro de elevar a cota de importação de etanol, isenta da tarifa de 20%, de 600 milhões de litros para 750 milhões de litros por um ano.

A derrubada da medida é uma demanda, principalmente, dos produtores do Nordeste que se sentem prejudicados com a facilidade para entrada do produto dos Estados Unidos no País.

A Câmara pode realizar uma sessão ainda nesta quarta-feira, dependo da dinâmica das sessões do Senado e do Congresso.


Publicidade