Publicidade

Estado de Minas ECONOMIA

Sindigás: GLP Industrial e Comercial está 55% acima do preço internacional


postado em 23/07/2019 19:08

O Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Gás Natural Liquefeito (Sindigás) disse nesta terça-feira, que, com a queda de 9,8% anunciada pela Petrobras para o GLP Industrial e Comercial, há ágio praticado pela Petrobras em relação ao mercado internacional é de 55%.

"Na avaliação do Sindigás, esse ágio vem pressionando ainda mais os custos de negócios que têm o GLP entre seus principais insumos, impactando de forma crucial empresas que operam com uso intensivo de GLP", afirmou o Sindigás em nota após o anúncio do ajuste de preços da estatal, o primeiro desde abril deste ano.

Segundo a entidade, dependendo da localidade, a queda do GLP vai oscilar entre 9,5% e 10,2%. Com o novo aumento, o preço ficará mais caro do que o GLP residencial em 7,8%, calculou o Sindigás.

"A entidade reforça que a falta de uma política de preços para o GLP empresarial faz persistir a diferença de preços entre o GLP residencial e o empresarial", disse em nota.

A diferença de preços, segundo a Petrobras, se deve a uma resolução do Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) "por se tratar de interesse da política energética nacional a prática de preços inferiores", explicou a Petrobras.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade