Publicidade

Estado de Minas ECONOMIA

Taxa de desemprego recua para 12,3%, afirma IBGE

Dados foram divulgados nesta sexta-feira pelo IBGE e se referem ao trimestre encerrado em maio. Percentual indica que há 13 milhões de pessoas desempregadas no País


postado em 28/06/2019 09:13 / atualizado em 28/06/2019 10:00

(foto: Flickr)
(foto: Flickr)

A taxa de desocupação no Brasil ficou em 12,3% no trimestre encerrado em maio, de acordo com os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua) divulgados nesta sexta-feira, 28, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O resultado veio igual à mediana calculada pelo Projeções Broadcast a partir do intervalo de estimativas do mercado financeiro que iam de uma taxa de desemprego de 12,1% a 12,5%.

Em igual período de 2018, a taxa de desemprego medida pela Pnad Contínua estava em 12,7%. No trimestre até abril, a taxa foi de 12,5%.

A renda média real do trabalhador foi de R$ 2.289 no trimestre encerrado em maio, segundo o IBGE. O resultado representa queda de 0,2% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Desemprego em 2019


No primeiro trimestre de 2019, o IBGE já havia registrado uma alta de 12,7%, o maior valor desde o primeiro trimestre de 2018.

O porcentual de brasileiros desempregados vinha sofrendo uma queda ao longo de 2018 e, entre janeiro e março deste ano, atingiu o pico dos últimos 12 meses, com pelo menos 13,4 milhões de brasileiro em busca de emprego.

percentual aferido agora pelo IBGE indica indica que há 13 milhões de pessoas desempregadas no país

A massa de renda real habitual paga aos ocupados somou R$ 207 499 bilhões no trimestre até maio, alta de 2,4% ante igual período do ano anterior. ( Com Agência Estado)

 


Publicidade