Publicidade

Estado de Minas ECONOMIA

Acordo para votar crédito extra está 'praticamente' fechado, diz Hildo Rocha


postado em 11/06/2019 13:11

Após uma reunião com o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, e membros da equipe econômica, o relator do crédito suplementar na Comissão Mista de Orçamento (CMO), Hildo Rocha (MDB-MA), afirmou que um acordo para votar o texto no colegiado está "praticamente" fechado.

Para votar o crédito de R\$ 248,9 bilhões, a oposição e partidos do Centrão pediram ao governo compromisso em destinar recursos para o Minha Casa, Minha Vida, transposição do Rio São Francisco e descontingenciar parte do bloqueio orçamentário nas universidades.

Dos R\$ 5 bilhões de descontigenciamento solicitados pela oposição, o governo teria concordado em destravar R\$ 1 bilhão, além de R\$ 1,5 bilhão já liberado, disse Rocha.

Neste momento, líderes partidários conversam a portas fechadas para avaliar a proposta do Planalto. Os recursos para as áreas demandas viriam através de portarias.

O relatório do crédito extra, nesse caso, seria votado na íntegra, conforme a proposta do governo.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade