Publicidade

Estado de Minas SEM IMPOSTO

Gasolina com desconto de quase 50% gera fila em posto de BH

Promoção valeu apenas para hoje e foi limitado aos primeiros 132 automóveis e 30 motocicletas


postado em 30/05/2019 10:37 / atualizado em 30/05/2019 11:41

Promoção desta quinta-feira, com desconto e 46,71% no preço da gasolina (foto: Jair Amaral/EM/D.A Press)
Promoção desta quinta-feira, com desconto e 46,71% no preço da gasolina (foto: Jair Amaral/EM/D.A Press)

A promoção com desconto de 46,71% no preço da gasolina, vendida a  R$ 2,5293 , promoção do Posto P Pica Pau II, do Bairro Carlos Prates, Região Noroeste,  provocou uma enorme  fila  nas imediações do local, na manhã desta quinta-feira.

A Polícia Militar foi acionada para manter a ordem e segurança, já que o estoque para venda foi limitada em cinco mil litros.

Stalone Franco aproveitou a promoção e, segundo contou, chegou ao local  às 3h desta quinta-feira. Para ser atendido esperou sete horas.

Stalone Franco precisou aguardar 7 horas para comprar a gasolina com desconto
Stalone Franco precisou aguardar 7 horas para comprar a gasolina com desconto


A promoção faz parte da campanha promovida pela  Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), batizada de  Dia Livre de Impostos (DLI) de Belo Horizonte.

Polícia Militar foi chamada para garantir a segurança no local(foto: Jair Amaral/EM/D.A Press)
Polícia Militar foi chamada para garantir a segurança no local (foto: Jair Amaral/EM/D.A Press)

O desconto na gasolina  foi limitado aos primeiros 132 automóveis e 30 motocicletas, mediante ordem da fila e sequência de senhas.

Os motoristas só puderam efetuar o pagamento em espécie. E o abastecimento foi limitado a  R$ 90 por carro, o que corresponde a 35,58 litros.

Carga tributária


O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH), Marcelo de Souza e Silva,  lembrou a que quase metade do valor do combustível cobrado hoje no Brasil é de imposto.


“Considerando a tributação na gasolina, temos o Cide, PIS/COFINS e ICMS, que somam 46,71% do valor total do produto, que hoje está na faixa de R$ 4,746. Queremos mudar essa realidade que reduz consideravelmente o poder aquisitivo do brasileiro. É muito tributo sem um retorno efetivo para a sociedade em forma de investimentos em serviços essenciais, como saúde e educação”,  destacou o dirigente.

Para o presidente do Minaspetro – Sindicato do Comércio Varejista de Derivados do Petróleo do Estado de Minas Gerais, Carlos Eduardo Guimarães, o DLI é uma ação muito importante para o segmento de revenda de combustíveis para conscientizar a população sobre quem é o real vilão por trás do alto valor da gasolina.

(foto: Jair Amaral/EM/D.A Press)
(foto: Jair Amaral/EM/D.A Press)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade