Publicidade

Estado de Minas ECONOMIA

Kajuru diz que Guedes se arrependeu de responder a parlamentares na CCJ


postado em 04/04/2019 14:05

Após se reunir na manhã desta quinta-feira, 4, com o ministro da Economia, Paulo Guedes, o senador Jorge Kajuru (PSB-GO) disse que o ministro está arrependido por ter respondido a parlamentares da oposição na tumultuada audiência da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) de quarta-feira, que terminou com trocas de ofensas e empurra-empurra.

A reunião com o senador goiano foi o primeiro - e único - compromisso da agenda pública de Guedes nesta quinta-feira.

Segundo Kajuru, Guedes disse que foi para o encontro sabendo que seria ofendido e que mudará a postura nas próximas audiências. "Ele disse que errou e que não devia ter respondido e que, a partir de agora, não vai mais fazer isso. Disse que já estava preparado para as ofensas, só não imaginava o nível", afirmou o senador ao Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado.

Goiás

Kajuru solicitou a reunião para discutir a situação do Estado de Goiás, que está em calamidade financeira. De acordo com o Senador, Guedes disse que, em 30 dias, lançará o plano de ajuda aos Estados, que prevê aval para crédito em troca de medidas de ajustes fiscais. "Ele disse que Goiás será o primeiro Estado a ser socorrido", afirmou.

Guedes também adiantou que em 60 dias pretende lançar um plano para o setor energético - que chama de "choque de energia barata" - e, em 90 dias, plano para acabar com o monopólio da Petrobras na área de gás.


Publicidade