Publicidade

Estado de Minas ECONOMIA

C6 Bank, de ex-executivos do BTG Pactual, recebe aval do BC para operar


postado em 18/01/2019 16:03

O C6 Bank, criado por ex-executivos do BTG Pactual, foi autorizado pelo Banco Central para começar a atuar no Brasil como um banco múltiplo com carteiras de crédito comercial e investimento. A instituição, cujo aval foi publicado nesta sexta-feira, 18, no Diário Oficial da União (DOU), vai atuar no modelo de banco digital e nasce com investimentos de R$ 500 milhões até dezembro e R$ 250 milhões em patrimônio líquido, conforme comunicado divulgado pelo próprio banco.

O ex-BTG Marcelo Kalim é mencionado como controlador do C6 Bank, segundo o DOU. Carlos Fonseca e Leandro Torres, que também são egressos do banco de investimento, são sócios do banco.

Sem agências físicas, o C6 Bank oferecerá isenção de tarifas para transações bancárias como, por exemplo, abertura e manutenção de conta corrente, saques nos caixas eletrônicos da Rede 24 Horas e transferências. O portfólio de produtos deve incluir CDBs (Certificado de Depósito Bancário), cartão de crédito e débito, pagamento de boletos, entre outros. O banco também pretende oferecer, além de seus próprios produtos bancários, serviços de terceiros no seu marketplace.

O banco estará aberto a clientes ainda no primeiro semestre de 2019. Por ora, somente os colaboradores do C6 Bank e seus convidados terão acesso aos produtos da instituição. A sede da instituição fica na região dos Jardins, em São Paulo, e reúne 320 funcionários.


Publicidade