Publicidade

Estado de Minas ECONOMIA

FGV: IPC-S sobe 0,29% em dezembro após 0,10% na 3ª quadrissemana


postado em 02/01/2019 08:51

Os preços na rede varejista do País fecharam o mês de dezembro mostrando elevação de 0,29% resultante de uma aceleração de 0,19 ponto porcentual em relação à taxa de 0,10% na terceira quadrissemana do mês, segundo o Índice de Preços ao Consumidor Semanal (IPC-S) calculado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).

A subida dos preços em dezembro superou as expectativas dos analistas do mercado ouvidos pelo Projeções Broadcast, que iam de elevação de 0,14% a 0,24%. Em novembro o IPC-S tinha fechado com alta de 0,17%.

Com o resultado de dezembro o IPC-S fechou o ano com uma alta de 4,32% em 2018. Nesta leitura o resultado efetivo também superou as expectativas dos analistas, que apontavam para um intervalo de 4,24% a 4,29%.

Nesta apuração, cinco das oito classes de despesa componentes do índice registraram acréscimo em suas taxas de variação. A maior contribuição partiu do grupo Habitação, que saiu de uma queda de 0,13% para uma subida de 0,20%. "Nesta classe de despesa, cabe mencionar o comportamento do item tarifa de eletricidade residencial, cuja taxa passou de -2,37% para -1,27%", destacam os técnicos da FGV.

O grupo Transportes saiu de uma queda de 0,92% para deflação de 0,63%, mostrando aceleração nos seus preços. A Alimentação teve sua taxa ampliada de uma alta de 0,60% para 0,74%. Saúde e Cuidados Pessoais subiu sua média de preços de (0,29% para 0,44% e Vestuário, de 0,24% para 0,69%.

Nestas classes de despesa, vale destacar o comportamento da gasolina, de queda de 5,14% para queda de 4,30%; artigos de higiene e cuidado pessoal, de deflação de 0,04% para alta de 0,60%, laticínios, de -2,38% para -2,11% e roupas, de alta de 0,31% para 0,99%.

Em contrapartida, os grupos Educação, Leitura e Recreação (0,98% para 0,83%), Despesas Diversas (0,19% para 0,13%) e Comunicação (0,05% para -0,01%) apresentaram recuo em suas taxas de variação. Nestas classes de despesa vale citar os itens: salas de espetáculo (0,77% para 0,31%), tarifa postal (3,11% para 1,49%) e pacotes de telefonia fixa e internet (0,24% para 0,00%).

A próxima apuração do IPC-S, com dados coletados até o dia 07.01.2019, será divulgada no dia 08.01.2019.


Publicidade