Publicidade

Estado de Minas ECONOMIA

Paulo Guedes garantiu que abertura comercial será gradual, diz Abimaq


postado em 27/11/2018 15:09

O presidente da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq), João Carlos Marchesan, que participou na segunda-feira (26) de reunião com o futuro ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou nesta terça-feira, 27, que o setor está otimista com o novo governo.

"O que Guedes nos disse foi como música, é aquilo que a Abimaq prega. Estamos saindo de um ciclo de 20 anos de governos sociais democratas para um governo liberal. Mas ele disse que a abertura comercial será gradual, conforme for sendo reduzido o custo Brasil", afirmou o executivo.

Segundo Marchesan, a conversa durou cerca de duas horas, "o que é uma eternidade em se tratando de uma reunião com um ministro". "Nós mais ouvimos do que falamos porque ele disse aquilo que é interessante para a indústria. Ele está convicto de que é preciso reindustrializar o Brasil", disse.

O presidente da Abimaq afirmou que a expectativa do setor para o ano que vem é que o Produto Interno Bruto (PIB) cresça de 2,5 a 3% e que, nesse ritmo, o faturamento das fabricantes de máquinas e equipamentos avance em torno de 7%, desempenho semelhante ao de 2018. No acumulado de janeiro a outubro, a alta é de 7,7%. "O momento ainda é de recuperação", disse.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade