Publicidade

Estado de Minas ECONOMIA

Ajuste fiscal é compromisso dos governos do Nordeste, dizem governadores em carta


postado em 14/11/2018 17:05

A carta que os governadores eleitos do Nordeste entregaram nesta quarta-feira, 14, à equipe do presidente eleito Jair Bolsonaro afirma que o ajuste fiscal é um compromisso dos governos da região.

Os governadores chamaram atenção para a importância do diálogo sobre as receitas públicas, com a redução da taxa de juros, além de medidas de combate à sonegação fiscal e de justiça tributária. "É necessário minimizar o grave problema fiscal do pacto federativo brasileiro", completa o documento.

Os governadores do Nordeste lembram que o aumento da carga tributária brasileira se deu nas chamadas contribuições sociais, que não são repartidas com Estados e municípios. "Agora é o momento oportuno de se construir uma proposta de partilha", avaliam os eleitos.

A carta pede ainda que pelo menos 28% dos investimentos anuais em ciência, tecnologia e inovação sejam direcionados para o Nordeste. Entre as áreas destacadas pelos governadores estão energia renovável, gestão da água, infraestrutura de internet, defesa aeroespacial e agricultura familiar.

O documento ainda pede prioridade para o Nordeste em programas de recursos hídricos, além da liberação de empréstimos para investimentos e créditos especiais via BNDES. As demandas também incluem a retomada de obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e do Minha Casa Minha Vida.

Os líderes estaduais solicitaram ainda uma reunião com Bolsonaro para tratarem da geração de empregos no Nordeste e da segurança pública na região.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade