Publicidade

Estado de Minas ECONOMIA

Para presidente da ExxonMobil no Brasil, resultado de leilão é satisfatório


postado em 28/09/2018 13:03

Há apenas um ano e um dia de volta ao Brasil, de onde saiu em 2009, a ExxonMobil mostrou nesta sexta-feira, 28, na 5ª Rodada de Partilha de Produção que está interessada no pré-sal brasileiro ao apresentar propostas para os dois maiores blocos do leilão, Saturno e Titã, saindo vitoriosa apenas na segunda disputa.

De acordo com a presidente da ExxonMobil no Brasil, Carla Lacerda, mesmo perdendo uma disputa para o consórcio formado por Shell e Chevron, que levaram o campo de Saturno, o resultado foi muito satisfatório para a companhia.

"Estamos muito satisfeitos, isso agrega ao nosso portfólio aqui no Brasil, estamos felizes que começamos o nosso trabalho aqui", disse ao fim do certame.

A executiva informou que com a aquisição de Titã a ExxonMobil passa a ter 26 blocos de exploração e produção no Brasil, mas que confia no cronograma já determinado pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) para aumentar esse portfólio.

"Nós acreditamos no cronograma que a ANP está desenvolvendo de licitações contínuas, mas vamos analisar cada licitação", informou Carla.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade