Publicidade

Estado de Minas

A luta de Ometto contra a unificação do ICMS

Uma coisa pode não ter nada a ver com a outra, mas a verdade é que, profissional experimentado, o dono da Cosan está de olho nas próximas eleições.


postado em 28/09/2018 06:00 / atualizado em 28/09/2018 09:32

(foto: Arte/Soraia Piva)
(foto: Arte/Soraia Piva)

O empresário Rubens Ometto, controlador da maior produtora de etanol do mundo, a Cosan, está perdendo o sono com a possibilidade de unificação do ICMS desse tipo de combustível em todo o território nacional. Segundo fontes próximas a ele, Ometto (foto) fará de tudo para frear a possibilidade de mudança das regras tributárias, que deverá reduzir a competitividade do combustível frente a gasolina, principalmente nos postos da região Sudeste, o maior mercado consumidor do país. Uma coisa pode não ter nada a ver com a outra, mas a verdade é que, profissional experimentado, o dono da Cosan está de olho nas próximas eleições. Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ele doou R$ 5,9 milhões a 45 candidatos a governador, deputado estadual, deputado federal e senador. Além disso, destinou recursos para quatro diretórios partidários. Sempre de acordo com o TSE, Ometto é o maior doador individual na campanha eleitoral de 2018.


Banco digital aposta em agência física
Enquanto as grandes instituições financeiras estão migrando suas operações para o mundo digital, o Bitcoin Banco decidiu fazer o caminho contrário. A empresa acaba de abrir a sua segunda agência física para atendimento ao público, em São Paulo. A primeira foi inaugurada em Curitiba, no fim do ano passado. “Há inúmeras possibilidades de negócios com criptomoedas e um público potencial para esse tipo de investimento”, diz Jaime Schier, diretor do banco.

A força do seguro de nicho
A seguradora brasileira American Life está lançando uma modalidade inédita de apólice no país: o Alllife. Trata-se de um seguro de vida exclusivo para pais, responsáveis ou mantenedores de pessoas com deficiências congênitas, como síndrome de down e autismo. Segundo cálculos do Ministério da Saúde, há no Brasil quase 300 mil pessoas com down e muitas delas dependem da assistência permanente da família.

No varejo, perdas de R$ 19,5 bilhões
Um levantamento realizado pela Associação Brasileira de Prevenção de Perdas (Abrappe) dimensionou o impacto do manuseio inadequado de produtos, do vencimento de mercadorias que não puderam ser aproveitadas e de furtos no varejo brasileiro. Segundo o estudo, 1,29% do faturamento em 2017 foi afetado por esses tipos de problemas. Parece pouco, mas é muito. O valor das perdas equivale a R$ 19,5 bilhões

Rapidinhas
Depois do lançamento da plataforma digital “Stop Slavery” pela Thompson Reuters Foundation, um banco de dados sobre a escravidão moderna e o tráfico de pessoas nas empresas, nesta semana foi a vez de o Instituto C&A apresentar um manifesto de apoio a iniciativas para erradicar o trabalho escravo na indústria da moda.

Uma pesquisa realizada pela empresa de tecnologia e cibersegurança Psafe concluiu que, entre janeiro e agosto deste ano, foram detectados 920 mil golpes na internet com o objetivo de roubar dados financeiros de consumidores. O resultado é 30% superior ao do mesmo período do ano passado. Por isso, o setor deve receber, em 2019, US$ 360 milhões em investimentos em segurança.

Em tempos de grandes transformações digitais, surpreende a iniciativa da Kodak de relançar os filmes Ektachrome para câmeras analógicas. O produto irá ao mercado a partir de 1º de outubro, mas apenas na Ásia, Europa e Estados Unidos. Não há previsão de chegada ao Brasil.

A Amazon anunciou que vai abrir mais de 3 mil lojas sem caixa registradora até 2021. Três delas estão sendo testadas desde janeiro em Seattle, nos Estados Unidos. Funciona assim: os consumidores fazem compras com a ajuda de um aplicativo e a conta é enviada diretamente para o cartão de crédito do cliente.

“Eu insisto que muito tempo deve ser gasto, quase todos os dias, para apenas sentar e pensar. Eu leio e penso. Então eu leio e penso mais, e tomo menos decisões por impulso do que a maioria das pessoas no ramo dos negócios”
Warren Buffett,
megainvestidor

8%
é quanto vão crescer as vendas de panetones nas festas de fim de ano, segundo projeções da associação do setor

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade