Publicidade

Estado de Minas ECONOMIA

Presidente do Banco Central da Argentina, Luis Caputo pede demissão


postado em 25/09/2018 10:13

O presidente do Banco Central da Argentina, Luis Caputo, apresentou sua demissão, em comunicado, de acordo com o jornal Clarín. O diário lembra que a viagem ocorre durante uma viagem do presidente Mauricio Macri ao Fundo Monetário Internacional (FMI) e também cita que Caputo vinha apresentando divergências com o Ministério da Fazenda.

Caputo disse que a decisão é pessoal e afirma na nota que o novo acordo com o FMI deve restabelecer a confiança sobre a situação fiscal, financeira, cambial e monetária do país. Além disso, agradece Macri pela confiança em vários cargos no governo, entre eles o de ministro das Finanças.

Macri está nos Estados Unidos para a Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas e o presidente e outras autoridades também mantêm contatos com o FMI. O país deseja revisar o acordo de US$ 50 bilhões fechado anteriormente com o Fundo, para ter mais segurança diante de estresses cambiais recentes. Além disso, o governo enfrenta hoje uma greve geral de trabalhadores contra as medidas de ajuste, como cortes de subsídios e demissões de funcionários públicos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade