Publicidade

Estado de Minas ECONOMIA

MCMV deveria ser programa de governo com dotação perene, diz SindusCon-SP


postado em 14/09/2018 11:48

O presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de São Paulo (SindusCon-SP), José Romeu Ferraz Neto, afirmou que o Minha Casa Minha Vida (MCMV) é tão importante que deveria ser programa de governo, com dotação perene. Ele lembrou que nos nove anos de existência, 1,3 milhão de empregos diretos foram gerados e R$ 484 bilhões investidos.

Ferraz Neto comentou que há preocupações no médio prazo em função do que virá a acontecer, citando a discussão sobre a correção do valor do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS).

"O dinheiro tem de ser carimbado para o setor, até que tenhamos certa estabilidade econômica", observou o presidente do Sinduscon-SP.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade