Publicidade

Estado de Minas ECONOMIA

Planejamento: gasto mínimo em Educação em 2019 terá que ser de R$ 52,665 bi


postado em 31/08/2018 16:26

O gasto mínimo em Educação em 2019 terá que ser de R$ 52,665 bilhões, informou o Ministério do Planejamento. Considerando as despesas que contam para o cumprimento dessa regra, o governo prevê aplicar R$ 70,367 bilhões.

Contabilizando as despesas que não contam para o mínimo, o governo estima que o gasto geral em Educação ficará em R$ 121,963 bilhões.

Já o gasto mínimo em Saúde em 2019 ficará em R$ 117,293 bilhões, enquanto a dotação ficará apenas R$ 200,6 milhões, ou seja, em R$ 117,494 bilhões.

Considerando gastos que não contam para o mínimo, o governo estima que o gasto geral em Saúde ficará em R$ 129,816 bilhões no ano que vem.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade