Publicidade

Estado de Minas ECONOMIA

Powell diz que alta gradual de juros é apropriada e não vê superaquecimento


postado em 24/08/2018 15:13

O presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central americano), Jerome Powell, defendeu a estratégia da instituição de elevar gradualmente os juros. Durante discurso em Jackson Hole, onde o Fed realiza seu simpósio anual, ele reafirmou o plano de elevar os juros ao menos para o nível que nem impulsiona nem desacelera o crescimento econômico, uma taxa neutra, após quase uma década de tentativas de estimular a economia mantendo as taxas baixas.

O Fed enfrenta dois grandes riscos, de "se mover muito rápido e encurtar a expansão sem necessidade, versus uma atuação muito lenta, que geraria o risco de um superaquecimento desestabilizador", comentou Powell. "Eu vejo a atual trajetória de gradual elevação dos juros como a abordagem apropriada para levar em conta seriamente esses riscos."

A autoridade disse que "não vê sinais claros" de risco de uma elevação forte na inflação acima da meta de 2% do Fed, nem de um "elevado risco de superaquecimento". Segundo ele, isso é positivo e "nós acreditamos que essa boa notícia resulta em parte" das ações recentes do Fed.

O discurso de Powell é a primeira aparição pública dele desde que o presidente americano, Donald Trump, criticou a política do Fed, dizendo-se desapontado com as elevações de juros. Em sua fala de hoje, Powell afirmou que o BC fará "o que for necessário", caso a inflação se torne uma ameaça. Fonte: Dow Jones Newswires.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade