Publicidade

Estado de Minas

Frango tenta se reerguer na China e com o BNDES


postado em 16/07/2018 06:00 / atualizado em 16/07/2018 09:10

(foto: Arte/Soraia Piva)
(foto: Arte/Soraia Piva)

(foto: Katharine Nóbrega/Esp. DB/D.A Press 24/8/10)
(foto: Katharine Nóbrega/Esp. DB/D.A Press 24/8/10)

Empresários ligados ao negócio de proteína animal têm procurado a ABPA, entidade que representa o setor, em busca de informações sobre a linha de crédito que o BNDES oficializou recentemente, de R$ 1,5 bilhão, para tentar minimizar os efeitos dos problemas em série que a atividade vem enfrentando, como embargos em mercados importantes e as perdas com a greve dos caminhoneiros. Além dessa demanda, a ABPA se prepara para acompanhar a equipe do governo brasileiro que vai para a China discutir a decisão de impor um depósito antidumping ao frango brasileiro. O encontro com representantes do Ministério do Comércio chinês está previsto para o dia 25. “Será a oportunidade de explicar que nós não fizemos dumping e mostrar as inconsistências do processo”, diz Ricardo Santin, vice-presidente da associação. A sobretaxa provisória está em vigor desde 9 de junho e atinge 29 empresas exportadoras de frango. Os depósitos adicionais impostos pelos chineses variam de 18,8% a 38,4% do total das compras.

Porto Seguro à procura de carona
A seguradora Porto Seguro, a maior do Brasil no segmento automotivo, quer fazer decolar seu sistema de táxi por aplicativo, o Vá de Táxi. Há cinco anos no mercado, ele perde para EasyTaxi, Uber e Cabify. Por isso, a startup receberá investimentos para oferecer novas funcionalidades para os passageiros, como viagem a preço fixo. Atualmente, a empresa conta com mais de 110 mil taxistas cadastrados. Segundo a CEO Tatiana Vecchi, a expectativa é que a operação dobre de tamanho ainda este ano. “Temos investido para ampliar a nossa presença no mercado”, diz.

Tecnologia de cobrança derruba inadimplência
A adoção de uma versão móvel do aplicativo de Cobrança Expressa, do Itaú Unibanco, usada por PMEs e MEIs, derrubou a inadimplência em 56% por conta da integração dos serviços de emissão de boletos e cobrança de atrasos. “Nossos clientes contam com o serviço de lembretes e alertas via e-mail e SMS aos pagadores, antes ou depois do vencimento dos boletos, e, em caso de não pagamento, o emissor do boleto tem disponível os serviços de protesto ou negativação integrados”, detalha André Daré, diretor do banco. Cerca de 300 mil empresas já adotaram a ferramenta, que antes só podia ser usada em computadores.

Alemães e portugueses na direção do carro elétrico
A alemã BMW e a portuguesa EDP, do setor energético, tentarão liderar a corrida pela implementação do carro elétrico no Brasil. Na próxima semana, ambas farão um comunicado em conjunto para inaugurar o Corredor Elétrico Rio-São Paulo. Trata-se de um longo trajeto de mais de 500 quilômetros, em que haverá um complexo e postos de recarregamento de baterias. Segundo o presidente da EDP Brasil, Miguel Setas, será o maior corredor para carros elétricos da América Latina.

 

 

"É impossível comparar esses tipos de diamantes (naturais e de laboratório). Eles são tão diferentes como a água e o vinho, para ser sincero”

>> Jean-Sébastien Jacques, CEO da mineradora Rio Tinto, sobre a concorrência dos diamantes artificiais

RAPIDINHAS
>>  Agora, a crise em torno da credibilidade do Facebook pode chegar ao bolso do presidente Mark Zuckerberg e de seus acionistas. A SEC (Securities and Exchange Commission), a CVM dos Estados Unidos, investiga se a empresa comunicou corretamente aos investidores que desenvolvedores e terceiros poderiam ter obtido dados de usuários sem autorização.

>>  A decisão do empresário Flávio Rocha, da Riachuelo, de abandonar a corrida presidencial, decepcionou parte do empresariado que o apoiava – inclusive com suporte logístico. Um dos correligionários de Rocha, que pediu para não se identificar, lamentou. “Fizemos de tudo para que essa eleição tivesse um grande representante do meio empresarial, mas parece que uma força oculta o fez voltar atrás.”

>>  A Regus, especializada em espaços de trabalho flexíveis, fechou parceria com a ONG ELAS (Exercendo Liderança com Assertividade e Sabedoria) para criar a primeira escola dedicada ao desenvolvimento de liderança e especializada em preparar mulheres para posições de destaque nas empresas, em seus negócios ou na sociedade. Na Regus, as mulheres ocupam 80% do quadro de colaboradores e estão em 68% dos cargos de gerência e diretoria.

>>  A Buslog, empresa de logística do Grupo JCA, contou com a ajuda das encomendas para melhorar o faturamento. O serviço Bus + transporta encomendas de até 1 quilo na opção balcão/balcão com preço fixo de R$ 25, com envelope e cobertura de seguro inclusos. Em um ano, o crescimento da receita foi de 19%.

US$ 4,7 bilhões
É o valor da indenização da justiça americana contra a Johnson & Johnson, considerada culpada por usar amianto em seu talco, o que teria provocado câncer nos ovários

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade