Publicidade

Estado de Minas

Justiça do Rio rejeita plano de recuperação judicial de Lojas Leader


postado em 27/01/2018 09:30

São Paulo, 27 - O plano de recuperação judicial da Lojas Leader foi negado pela 3ª Vara Empresarial do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. O juiz que assina a decisão, Luiz Alberto Carvalho Alves, ainda revogou a tutela antecipada que suspendia as ações e execuções, ou seja, os credores que se manifestaram contra a homologação do plano voltam a ter o direito de exigir os seus créditos.

O juiz destaca, em sua decisão, que o plano não apresenta uma base segura para o cumprimento do quórum exigido por lei de 3/5 dos créditos submetidos ao plano. Ainda segundo o juiz, o plano trata de forma desigual os credores concursais aderentes e não aderentes quanto o prazo e valor a ser pago.

Em seu pedido, a Leader informa que foi atingida pela grave crise econômica que afeta os setores econômicos, especialmente de venda a varejo.

A varejista pertencia ao BTG e foi vendida para a Legion Holdings, sociedade de investimentos pelo advogado Fábio Carvalho e especializada em reestruturação de empresas, pelo valor simbólico de R$ 1,00 em 2016.

(Fernanda Guimarães)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade