Publicidade

Estado de Minas

Marun:'Existe compreensão dos partidos sobre afastamento dos VPs da Caixa'


postado em 23/01/2018 19:12

Brasília, 23 - O ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, disse nesta terça-feira, 23, em coletiva de imprensa que o afastamento de vice-presidentes da Caixa, que foram indicações políticas, são compreendidas pelos partidos que indicaram, mas dão "um gostinho amargo". "Existe uma compreensão dos partidos em relação ao que está sendo feito, mas fica esse gostinho amargo de que, no momento em que a Caixa tem o melhor resultado, se demoniza os vices até pelo fato da indicação política", afirmou. "É como time ganhar campeonato mundial e no outro dia demitir técnico, goleiro, centroavante e zagueiro."

Na semana passada, foram afastados os vice-presidentes Antônio Carlos Ferreira (Corporativo), Deusdina dos Reis Pereira (Fundos de Governo e Loterias), José Henrique Marques da Cruz (Clientes, Negócios e Transformação Digital) e Roberto Derziê de Sant'Anna (Governo). Eles são acusados de vazamento de informações privilegiadas para políticos sobre o andamento de pedidos de empréstimos e também de negociar cargo em uma estatal como moeda de troca para liberação de crédito.

(Carla Araújo)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade