Publicidade

Estado de Minas

Kuroda deve ganhar 2º mandato à frente do Banco do Japão (BoJ), indica pesquisa


postado em 22/01/2018 07:36

Tóquio, 22 - Haruhiko Kuroda deverá continuar como presidente do Banco do Japão (BoJ, na sigla em inglês) quando seu atual mandato expirar, em abril, segundo quase 80% de operadores de câmbio pesquisados pela provedora de dados Quick.

O resultado sugere que o iene poderá ter uma forte reação se o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, contrariar as expectativas de que Kuroda ganhará um segundo mandato.

Embora tenha elogiado Kuroda por impulsionar a economia por meio de sua agressiva política de estímulos monetários, Abe tem dito que sua decisão sobre o próximo presidente do banco central japonês está em aberto.

Para 8% dos operadores consultados pela Quick, Etsuro Honda, assessor econômico de Abe, é o segundo candidato mais provável para o cargo de liderança no BoJ. Honda, que também é embaixador do Japão na Suíça, é conhecido por defender uma postura monetária acomodatícia.

O BoJ iniciou hoje reunião de política monetária de dois dias. Sua decisão deverá ser anunciada na madrugada desta terça-feira, mas não há expectativa de mudanças. Fonte: Dow Jones Newswires.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade