Publicidade

Estado de Minas

Governo libera fundo de investimento de R$ 50 milhões para startups

Seed4Science visa fortalecer empreendedorismo e alavancar empresas de tecnologias desenvolvidas nas universidades


postado em 01/12/2017 18:51 / atualizado em 01/12/2017 19:01

O governador Fernando Pimentel lançou nesta sexta-feira o Seed4Science (foto: Marcelo Sant'Anna/Governo de Minas)
O governador Fernando Pimentel lançou nesta sexta-feira o Seed4Science (foto: Marcelo Sant'Anna/Governo de Minas)

O governo de Minas lança fundo de investimento de R$ 50 milhões para empresas de tecnologia desenvolvidas dentro de universidades e institutos federais no estado. A intenção é fortalecer a vocação de Minas para o empreendedorismo. O Fundo de Investimentos em Participação (FIP), batizado de Seed4Science, é voltado, principalmente, para setores de biotecnologia, nanotecnologia, internet das coisas e materiais avançados, tecnologia da informação e comunicação – com destaque para big data e machine learning.

Outro critério para receber os recursos é ter faturamento anual de até R$ 4,8 milhões. Cada empresa poderá conseguir recursos de até R$ 700 mil, na primeira rodada do FIP. Os investimentos nas etapas seguintes podem chegar a R$ 3,5 milhões. A injeção de recursos visa aumentar o crescimento de startups, além de criar ambiente para novos investimentos.

Minas conta com cerca de 200 centros de pesquisas, universidades e outras instituições de ensino. “O grande gargalo não é lá dentro da incubadora, é depois, no momento em que você sai, vai para o mercado e tem dificuldades para obter um financiamento e alavancar aquilo que pode ser, no futuro, uma grande empresa, um grande negócio”, afirmou o governador Fernando Pimentel (PT), no lançamento do Seed4Science, nesta sexta-feira.

O Seed4Science foi estruturado pelo BDMG e pela Fundep Participações (Fundepar) e contará como parceiros com a Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig), Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (Fapemig), Fundação Arthur Bernardes (Funarbe) e Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa (Fundep).


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade