Publicidade

Estado de Minas

Conta de água vai ficar mais cara no Norte de Minas

O reajuste médio, segundo resolução da Arsae, será de 10,82%


postado em 01/09/2017 10:52 / atualizado em 01/09/2017 11:11

A Copanor atende os municípios do Norte de Minas(foto: Copanor/Divulgacao )
A Copanor atende os municípios do Norte de Minas (foto: Copanor/Divulgacao )

A conta de água vai ficar mais cara para os moradores do Norte de Minas Gerais. Um aumento médio de 10,82% nas tarifas foi autorizado por resolução da Agencia Reguladora de Serviços de Abastecimento de Água e de Esgotamento Sanitario (Arsae) publicada nesta sexta-feira (1/09) no Minas Gerais.

A autorização permite que a Copasa Serviços de Saneamento Integrado do Norte e Nordeste de Minas Gerais (Copanor) aplique as novas tarifas aos serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário, a partir de 1º de outubro.

Segundo a resolução, o índice de reposicionamento tarifário, sem as compensações relativas ao ano anterior, é de 8,50%. Considerando as compensações do exercício anterior e outros itens, o índice médio sobre a tabela anterior, de agosto de 2016, é de 10,82%.

A cobrança pelo serviço de esgotamento fica mantida em 30% da tarifa da água. Para o restante do estado, os serviços de água e esgotamento sanitário, administrados pela Copasa, foram reajustados em 8,69% no dia 30 de julho. A taxa mínima para clientes residenciais subiu de R$ 26,89 para R$ 29,43.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade