Publicidade

Estado de Minas

Kentucky Fried Chicken chegará a Minas em novo modelo de franquia

KFC, rede que comercializa famoso frango frito americano é montada em Belo Horizonte inspirada na abertura de capital. Aporte de sócios- investidores começa a partir de R$ 150 mil


postado em 22/11/2016 12:49 / atualizado em 23/11/2016 13:57

(foto: Reprodução/KFC)
(foto: Reprodução/KFC)
Com investimento de R$ 2,2 milhões a primeira loja da KFC (Kentucky Fried Chicken), especializada no conhecido frango frito do estado americano do Kentucky, será inaugurada no Diamond Mall em fevereiro, dentro de modelo inspirado na abertura de capital. Ao invés de um único dono, a franquia foi aberta para participação de investidores interessados em se tornarem dono de uma rede sem necessariamente ter de operar o negócio, ou alocar grande aporte de recursos.

 

A rede será operada em Minas com exclusividade pelo Banco de Franquias, empresa fundada por empreendedores mineiros e paulistas que se inspiraram no processo de abertura de capital para alavancar negócios em shopping centers.

A primeira loja da KFC em Minas conta até o momento com oito investidores. Para se tornar dono de cotas da rede, os aportes começam a partir de R$ 150 mil. O prazo estimado para retorno do investimento varia de 24 a 30 meses e a  previsão do grupo é que em 2017 a rede encerre o ano com lojas em pelo menos quatro shoppings da capital.


O Sócio-fundador do Banco de Franquias, Marcos Calazans, explica que a empresa que nasceu no fim de 2014 tem como um de seus objetivos atingir investidores que querem participar do setor sem contudo disponibilizar todo o recurso exigido por uma grande rede. Mensalmente os investidores recebem balanços e relatórios operacionais. A apresentação consolidada de resultados é realizada trimestralmente e como ocorre nas empresas de capital aberto, existe a distribuição de dividendos aos participantes.

Para colocar a ideia em prática e formatar o negócio, o Banco de Franquias contou com a mentoria da Endeavor, organização especializada no apoio a empreendedores ao redor do mundo . “O modelo é inovador no Brasil”, observa Calazans. O Banco de Franquias já administra duas lojas KFC em São Paulo e tem a exclusividade da marca em Minas. “Muitos investidores gostariam de ter uma franquia, mas não querem trabalhar no negócio. 

 A rede de franquias americana, KFC – Kentucky Fried Chicken tem mais de 19 mil restaurantes espalhados pelo mundo possui atualmente mais de 30 lojas no Brasil, nos estados do Rio de Janeiro e São Paulo. Marcos Calazans conta que o Banco de Franquias já opera outras duas lojas da rede em São Paulo e terá exclusividade da operação em Minas. Segundo ele, a expectativa é que o negócio se consolide em shoppings e dentro de três anos ganhe as ruas.

 O Banco de Franquias já opera com sópcios-investidores em seis lojas da Adidas, cinco em Minas e uma no Espírito Santo e com a hanburgueria The Taste Burguer.

 

Receita original

Na KFC, o frango servido no Brasil segue a mesma receita original criada mos Estados Unidos há mais de 60 anos, no estado do Kentucky, e que se tornou conhecida em todo mundo. Os acompanhamentos, no entanto, foram adaptados ao gosto brasileiro, com arroz, feijão, salada, purê, dentre outras opções.

 O frango crocante e empanado é preparado e frito na hora, com a mistura de 11 ervas e especiarias. Com o intuito de ganhar escala nacional e chegar a cem pontos de venda até 2019, o KFC deve abrir franquias também em Brasília e ainda planeja instalar-se em cidades do Nordeste, Sul e Centro-Oeste e no interior paulista. Kentucky Fried Chicken, que depois virou KFC tem hoje mais de 5 mil lojas em todo o mundo, que servem perto de 14 milhões de refeições por dia.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade