Publicidade

Estado de Minas

Volkswagen anuncia investimentos de R$ 460 mi na fábrica de motores de São Carlos


postado em 24/06/2015 12:56

A Volkswagen do Brasil anunciou nesta quarta, 24, um investimento de R$ 460 milhões na fábrica de motores de São Carlos (SP). O valor será aportado até 2018 para iniciar a produção no Brasil de propulsores com tecnologia TSI, que, segundo a montadora, melhora o desempenho do motor com menor consumo de combustível.


Incluindo o investimento já feito desde 2012 na planta, os valores chegam a cerca de R$ 900 milhões. Entre 2012 e 2013, por exemplo, a companhia já havia feito um grande aporte na unidade, R$ 425 milhões, para o desenvolvimento do novo prédio produtivo, instalação de novas linhas para a produção dos motores e o aumento de capacidade produtiva.

Os investimentos anunciados em cerimônia com a presença do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), serão divididos em três fases na nova família de motores EA211: uma linha de produção, incluindo uma parte específica para montagem de componentes da tecnologia TSI; preparação para o aumento da capacidade produtiva da fábrica e uma inédita linha de produção de virabrequim a partir de 2016, peça que hoje é importada.

"Estamos trazendo o que há de melhor no mundo Volkswagen para os nossos clientes também no Brasil. A produção local de motores TSI significa a introdução de uma tecnologia mundial de ponta em um carro de volume", declarou o presidente da Volkswagen do Brasil, David Powels.

A tecnologia TSI consiste em um motor turbo e compacto com injeção direta de combustível e com consumo 20% menor nos modelos luxuosos importados pela Volkswagen nos quais o propulsor já é utilizado, como Golf, Tiguan, Passat, Jetta e CC. O primeiro modelo nacional a recebê-la será o up!.

O compacto com o novo motor, apresentado na cerimônia nesta quarta, será lançado oficialmente em julho, chega às concessionárias em agosto e será o primeiro com motor 1.0 litro flex produzido no Brasil a contar com a tecnologia. Segundo a Volkswagen, a TSI faz parte da estratégia de "downsizing", com motores menores e mais eficientes, assim como os já oferecidos na Europa.

Com a tecnologia TSI, a potência do motor 1.0 litro de três cilindros foi aumentada de 82 cavalos (cv) para 105 cv, abastecidos com etanol. Com gasolina, o novo motor TSI atinge 101 cv de potência máxima. A montadora ainda não divulgou a melhora da eficiência com a redução do consumo de combustível no veículo.

Inaugurada em 1996, a fábrica de São Carlos está perto de atingir 10 milhões de motores produzidos e é responsável pela fabricação dos propulsores das famílias EA111 e EA211 de 1.0 litro e 1.6 litro que equipam os modelos up!, Voyage, Saveiro, Fox, CrossFox, SpaceFox e Gol. A unidade produz para o mercado brasileiro 100% dos motores com tecnologia bicombustível e ainda os motores a gasolina para exportação.


Publicidade