Publicidade

Estado de Minas ENTREVISTA COM O TIO SAM

Aprenda o passo a passo para solicitar sua entrada nos Estados Unidos

Para tirar visto norte-americano, belo-horizontinos ainda precisam se deslocar para outro estado


postado em 13/05/2014 08:24

Para conseguir permissão de entrada nos EUA, brasileiro enfrenta burocracia(foto: Arquivo pessoal)
Para conseguir permissão de entrada nos EUA, brasileiro enfrenta burocracia (foto: Arquivo pessoal)
Por mais dinheiro que os brasileiros deixem em Nova York, nos parques de Orlando e nos outlets de Miami ou em centenas de outras cidades, ainda é preciso enfrentar uma verdadeira saga a fim de tirar o visto para entrar nos Estados Unidos. Segundo o National Travel and Tourism Office (NTTO), órgão dos EUA, os turistas brasileiros gastaram US$ 10,5 bilhões no país em 2013. O Brasil só perde para o Reino Unido e Japão no ranking dos que mais enviam visitantes – foram 2,06 milhões no ano passado. Apesar da vultosa quantia e do notório interesse dos brasileiros pela terra do Tio Sam, o Chile é que se tornou o primeiro país latino-americano a obter a dispensa do visto para turismo. Desde o dia primeiro de maio, os chilenos embarcam sem preocupações com taxas e agendamento de entrevistas.

Se além de brasileiro, você mora em Minas e é sua primeira solicitação de visto, má notícia: será preciso se deslocar até outro estado para fazer a entrevista. Apesar de já ter endereço definido, no Bairro Santa Lúcia, o Consulado Norte-Americano deve iniciar suas operações em Belo Horizonte só daqui a 2 anos. O Centro de Atendimento ao Solicitante de Visto (CASV) em BH, aberto em 2012, não faz entrevistas. Tendo esse cenário de desafios a enfrentar, o EM traz o passo a passo para a solicitação de visto se tornar uma tarefa menos árdua. Confira:

1- Formulário Vá ao site https://ceac.state.gov/genniv/ e escolha a cidade para a entrevista. São Paulo costuma ser a mais requisitada. Rio de Janeiro, Recife e Brasília são as outras opções. Depois, parta para o preenchimento do formulário DS 160. Todas as perguntas são em inglês e deverão ser respondidas nesse idioma. Para dar uma mãozinha, há um recurso de tradução na plataforma. Tenha paciência, o questionário é longo e há perguntas estranhas, como sua possível ligação com tráfico humano e crimes como terrorismo. Dê informações verdadeiras e evite deixar lacunas.

Disponibilizar e-mail é essencial: por meio dele você receberá notificações sobre o andamento da sua solicitação. Ainda não tem certeza de onde se hospedará ou a data exata da viagem? Coloque o dia previsto e endereço do hotel em potencial. O telefone do local de hospedagem pode ser utilizado também como contato nos EUA. O tal número de identificação nacional pedido é simplesmente seu CPF.

Se for viajar a turismo, mas existir a possibilidade de um compromisso profissional nos EUA, escolha o tipo B1/B2 (Negócios e Turismo) de visto. Caso não consiga completar o formulário de imediato, salve uma cópia no seu computador. Você também poderá entrar com seu ID (recebido no início do processo) posteriormente para acabar a tarefa. Salve cada etapa para evitar que seu tempo expire e tenha que começar tudo de novo. Ao final, confira atentamente todos os seus dados e envie a solicitação. Imprima e guarde o documento, pois precisará dele na entrevista.

2- Agendamento De posse do seu ID, é preciso preencher outro formulário para agendar a entrevista (http://goo.gl/jHbgVO). Esse é em português e bem menor. Também é possível repassar seus dados por telefone. A taxa para visto do tipo B é de US$ 160 (cerca de R$ 360). Você pode conferir os preços no site: http://goo.gl/VE0dlO. Escolha entre o pagamento com cartão de crédito ou boleto. Lembrando que na primeira opção é cobrado o IOF (Imposto sobre Operações Financeiras). Demora até dois dias para o pagamento ser recebido. Depois disso, é preciso inserir o código do boleto na página e agendar sua ida ao CASV e a entrevista no consulado. Remarcações de data são possíveis até 24 horas antes da entrevista.

3- CASV No CASV
serão recolhidos seus dados biométricos e sua foto. Fique atento, porque há uma série de objetos que eles recomendam não levar consigo, isso inclui o celular e até fone de ouvido. Levou o celular? Ok. Só é preciso desligá-lo. Nesse dia, não esqueça seu passaporte e seu comprovante DS 160. Caso queira, você pode levar também documentos adicionais que comprovem que tem condições de pagar pela viagem e que mantém vínculos importantes no Brasil. Apesar do horário agendado, se chegar mais cedo é possível que seja atendido. Em geral, essa etapa é resolvida rapidamente. Solicitantes acima de 66 anos e menores de 15 estão isentos da biometria. São exigidos apenas o DS 160 e uma foto 3x4.

4- Consulado Não adianta avisar o solicitante para chegar apenas com 15 minutos de antecedência. Os brasileiros parecem gostar de fila e chegam cedo ao Consulado. As pessoas são realmente chamadas de acordo com os horários. É proibida a entrada com celular. Para quebrar seu galho e, é claro, ganhar uma grana, há uma espécie de “flanelinha do celular” no Rio de Janeiro. Você paga R$ 5 e eles guardam seu aparelho durante sua entrevista. Dá medo de deixar o celular com um desconhecido? Dá. Mas no fim ele é entregue são e salvo.

Um raio-X e revista da bolsa separam você da entrada definitiva do local. Depois, você entrega o passaporte no balcão e por ordem de chegada é instruído a se sentar. O agente vai chamando os nomes rapidamente para as cabines de entrevista. Ele não tolera espaços vazios entre os solicitantes sentados. Logo, você fica pulando de banco em banco, em zigue-zague, feito um idiota. Quando chamado, é provável que um friozinho na barriga se instale. Não tenha medo, se seu visto for para turismo. a entrevista deve ser em português e as perguntas são bem simples. Responda a tudo com a verdade. Aqueles documentos adicionais podem ser úteis.

5- Volta do passaporte
Se sua solicitação for aprovada (caso de 96% dos solicitantes), a retirada do passaporte pode ser feita no CASV escolhido ou entregue em domicílio. Caso seja no CASV, será necessário agendar a entrega pelo site (http://goo.gl/eXgjxr).

SERVIÇO


• Centro de Atendimento ao Solicitante de Visto
Aberto de segunda a sexta-feira, das 7h às 18h, e no domingo, das 13h às 18h.
Endereço: Ed. Celta - R. Maranhão, 310, Loja 1 - Santa Efigênia. Belo Horizonte- MG


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade