Publicidade

Estado de Minas

Ovos de Páscoa perdem peso e ficam mais caros em BH, constata Procon

Alguns produtos registraram aumentos superiores a 60%, segundo a pesquisa


postado em 08/04/2014 09:20 / atualizado em 08/04/2014 09:29

Pesquisa detectou também diferenças superiores a 70% para um mesmo produto(foto: Rodrigo Clemente/EM/D.A Press)
Pesquisa detectou também diferenças superiores a 70% para um mesmo produto (foto: Rodrigo Clemente/EM/D.A Press)

Os ovos de Páscoa estão mais leves e mais caros na capital mineira, segundo pesquisa do Procon da Assembleia realizada entre os dias 28 de março e 2 de abril junto a 17 estabelecimentos. Segundo o levantamento, este ano, os produtos estão, em média, 7,21% mais 'salgados' em relação a 2013. O levantamento detectou também diferenças de preço superiores a 70% para um mesmo produto. Além disso, alguns ovos, apesar de manterem a mesma numeração, sofreram redução de peso.

Alguns produtos registraram aumentos superiores a 60%, como é o caso dos ovos Tortuguita (110g) e Fanático (160g), ambos da Arcor. Já o Serenata de Amor (375g), da Garoto, teve reajuste de 44,57%. Dependendo do estabelecimento procurado, esse ovo pode ser encontrado por R$ 25,99 ou R$ 44,98, uma diferença de 73,07%.

Variação significativa também foi observada no ovo Sonho de Valsa, da Lacta: 72,79% entre o mais barato e o mais caro. Esse produto, aliás, foi um dos que perderam peso em relação ao ano passado. Em 2013 o de número 15 pesava 350 gramas, mas este ano caiu para 270 gramas. O mesmo ocorreu com outras marcas. A caixa Miniovos Especialidades Nestlé, por exemplo, passou de 236 gramas para 180 gramas, e mesmo assim o preço subiu 15,52%, em média.

O Procon Assembleia orienta o consumidor a não ter o número impresso na embalagem como referência na hora de comprar, e sim o peso. Nem mesmo as numerações indicadas pelos fabricantes nos rótulos são equivalentes entre as marcas.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade