UAI
Publicidade

Estado de Minas

Grupo Iguatemi vai inaugurar outlet na BR-040 em 2016

Empreendimento localizado próximo à Lagoa dos Ingleses vai ter investimento de R$ 140 milhões e deve gerar 800 empregos


postado em 24/12/2013 06:00 / atualizado em 24/12/2013 06:15

O grupo Iguatemi, uma das maiores empresas full service no setor de shopping centers do Brasil, comunicou nessa segunda-feira à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) a assinatura de um contrato de permuta de um terreno de 200 mil metros quadrados em Nova Lima, na Região Metropoltina de Belo Horizonte (RMBH), para a construção de um premium outlet. Os investimentos serão de R$ 140,7 milhões e o empreendimento, que deverá empregar 800 pessoas, será inaugurado em outubro de 2016 na BR-040, a 22 quilômetros de Belo Horizonte, a caminho do Rio de Janeiro, no trecho dos entroncamentos para Ouro Preto e Brumadinho.

De acordo com a vice-presidente financeira e de Relações com Investidores da Iguatemi Empresa de Shoppings Centers, Cristina Betts, a localização é ímpar e capaz de atrair o fluxo de pessoas que vai e volta para ou do Rio de Janeiro, além dos turistas que se movimentam em torno de Ouro Preto e do Inhotim. “São mais de 200 mil metros quadrados. Estaremos do lado da Lagoa dos Ingleses”, observa. O premium outlet terá 30.300 metros quadrados de área bruta locável (ABL). A participação da Iguatemi será de 54%. A construtora paulista São José terá 36% e os demais sócios os 10% remanescentes. A taxa interna de retorno (TIR) esperada para o projeto será de 16,2% (real e desalavancada).

Esta é a segunda incursão da Iguatemi no segmento de vendas diretas da indústria ao público a preços inferiores aos cobrados nas lojas de shopping centers comuns. O primeiro foi inaugurado em setembro, em Novo Hamburgo, na Região Metropolitana de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. Para Cristina Betts, “o projeto marca a entrada da empresa no estado de Minas Gerais, um dos mais importantes da Região Sudeste e do Brasil, com PIB de R$ 386,1 bilhões e renda per capita de cerca de R$ 20 mil, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para 2010”. O empreendimento terá um raio de influência de 100 quilômetros, onde, estima-se, há uma população de mais de 6,4 milhões de habitantes, dos quais 35% pertencentes às classe A e B.

OPORTUNIDADE
Betts afirma que já faz tempo que a Iguatemi está pensando numa forma de entrar no mercado mineiro. “Estamos sempre olhando uma oportunidade, mas tem coisas que acontecem de uma maneira mais rápida. Entendemos que essa é uma atividade que tem similaridade com nossa atividade principal, que são os shoppings tradicionais. Os dois tipos de operação têm sinergia. Existe um ponto de contato com o lado do fornecedor e operacional e o lado do lojista. Também há sinergia com os consumidores”, afirma. Ainda na opinião dela, a Iguatemi tem uma vantagem competitiva intrínseca em operar premium outlets no Brasil, dado o seu relacionamento com as principais marcas nacionais e internacionais.

De acordo com um estudo realizado pela Jones Lang Lasalle, mais de 50% dos consumidores que frequentam shoppings centers no Brasil pertencem às classes A e B. No caso dos premium outlets, o consumo é quase exclusivamente direcionado a esse tipo de público, que procura essencialmente bons preços, mas também a exclusividade das boas marcas.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade