Publicidade

Estado de Minas

Recall de carros da Volkswagen é suspenso

Medida atingia os proprietários de veículos Fox, Novo Gol e Voyage anos 2009/2010


postado em 16/01/2013 08:56 / atualizado em 16/01/2013 09:12

(foto: Marlos Ney Vidal/EM/D.A Press - 29/6/2008 )
(foto: Marlos Ney Vidal/EM/D.A Press - 29/6/2008 )
A liminar que determinava o recall de 400 mil carros da Volkswagen foi suspensa na noite dessa terça-feira pelo Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ-RS). A medida tinha como objetivo verificar o desgaste prematuro dos motores de veículos FOX, Voyage e Novo Gol anos 2009/2010.

O recurso foi interposto pela montadora e acolhido pelo desembargador Carlos Cini Marchionatti, da 20ª Câmara Cível do TJ-RS. Para o magistrado, a medida poderia levar à formação de uma situação irreparável “que afeta e prejudica o nome e o prestígio da fabricante” e pode repercutir, onerando com pesados gastos, a economia da indústria automobilística. Marchionatti sustentou ainda que a Volkswagen “prima pela qualidade da sua produção e dos serviços das concessionárias autorizadas, peculiar às fábricas de veículos automotores, produção e serviços submetidos às exigências técnicas mais rigorosas”.

A liminar que obrigava a montadora a realizar o recall foi expedida pela juíza substituta da 15ª Vara Cível da capital, Carla Della Giustina, no último dia 7, após ação civil pública ajuizada pelo Ministério Público. Conforme apurado pelo MP, foi detectado que os veículos atingidos pela medida foram produzidos com um motor que, conforme admitido pela própria Volkswagen, podem apresentar ruídos. Eram atingidos pelo recall os proprietários de três modelos da marca: Fox 1.0 (chassis 94000017 a 94165002), Novo Gol 1.0 (chassis 9P000001 a AP 077821) e Voyage 1.0 (chassis 9T000001 a AT157948), todos do ano/modelo 2009/2010.

Em comunicado oficial divulgado no último sábado, a Volkswagen afirmou que o problema "não representava nenhum risco à integridade física e a segurança do consumidor". Ainda por meio da nota, a montadora afirmou que o fato foi comunicado às autoridades de diversos estados do Brasil e, na ocasião, foi realizada uma campanha de oficina ativa em todas as autorizadas da marca, para verificação e a troca de óleo do motor sem custo para os clientes. Adicionalmente, foi dada uma extensão de garantia aos motores envolvidos na campanha de oficina ativa.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade