Publicidade

Estado de Minas

Petrobras vê "estabilidade" na produção


postado em 16/10/2012 17:09

Apesar da queda recente na produção da Petrobras, o gerente-geral da Unidade de Operações de Exploração e Produção da Bacia de Santos, José Luiz Marcusso, disse que o que ocorre é "uma estabilidade de produção".


"O que está ocorrendo no momento é uma estabilidade de produção e isso já estava previsto no nosso plano de negócios. Ou seja, nos primeiros anos, uma estabilidade, depois o grande crescimento com 38 sistemas entrando (em operação). A Bacia de Santos vai contribuir bastante, com uma projeção de produção de 2,4 milhões de barris por dia em 2016, cerca de 30% (da produção total no País), e, em 2020, 4,2 milhões de barris por dia, cerca de 50%", afirmou.

O novo plano de negócios da Petrobras prevê 38 novos sistemas de produção, sendo que 25 deles serão instalados na Bacia de Santos (24 no pré-sal).


Publicidade