Publicidade

Estado de Minas

Ociosidade da indústria de material de construção sobe


postado em 24/02/2012 15:11

O nível de utilização da capacidade instalada da indústria de materiais de construção no País atingiu 83% em fevereiro, o que representa queda ante os 87% registrados no mesmo período do ano passado. O dado foi divulgado hoje pela Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção (Abramat).

A pesquisa também mostra que o mercado interno avalia o cenário geral de vendas como bom. Entre as entrevistados para o levantamento, 51% das empresas consideraram "bom" o desempenho do setor neste mês e 5%, "muito bom".


Em fevereiro, a sondagem entre as indústrias de material de construção indica que 54% das empresas também possuem boas expectativas em relação às ações do governo federal para o setor comparado com 55% em janeiro.

Para o presidente da associação, Walter Cover, o foco das ações permanece na desoneração fiscal, nas políticas de defesa comercial e na aceleração das grandes obras sociais, como o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) e o Minha Casa, Minha Vida.

"A Abramat continua voltando suas forças ao reforço dos pedidos ao governo de dar continuidade às medidas anticíclicas que garantam o crescimento esperado do setor. Essa também continua sendo a nossa principal preocupação e meta para 2012" afirmou Cover, em nota.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade