Publicidade

Estado de Minas

Federal Reserve mantém juro dos EUA entre 0% e 0,25%


postado em 02/11/2011 15:21

O Federal Reserve (banco central norte-americano) não adotou novas medidas para estimular a economia, enquanto manifestou um otimismo moderado com a recuperação das atividades nos EUA. Por 9 votos a 1, o comitê de política monetária do Fed (Fomc) decidiu manter inalterada a política de afrouxamento, afirmando que a economia "se fortaleceu de alguma forma no terceiro trimestre", permanecendo a taxa dos Fed Funds entre 0% e 0,25%.

O presidente do Fed de Chicago, Charles Evans, foi o dissidente, porque queria ver medidas adicionais de acomodação. Foi o primeiro dissidente a pedir mais afrouxamento no crédito desde o fim de 2007.

No fim de sua reunião de dois dias, o Fed disse que o fortalecimento da recuperação desde o verão (do Hemisfério Norte) reflete "em parte uma reversão dos fatores temporários que pesaram sobre o crescimento mais cedo no ano".

O Fed reiterou que as taxas de juro de curto prazo devem continuar perto de zero pelo menos até meados de 2013, uma decisão que foi anunciada pela primeira vez em 9 de agosto. O banco central também continuará a ampliar a fatia de Treasuries de longo prazo em sua carteira, uma medida adotada em 21 de setembro, num esforço para reduzir os juros de longo prazo.

Na ocasião, o Fed informou que venderia papéis de curto prazo e compraria títulos do Tesouro de prazo mais longo, no que ficou conhecido como Operação Twist.


Publicidade