Publicidade

Estado de Minas

Camex prorroga isenção para importações de algodão


postado em 06/05/2011 18:41

A Câmara de Comércio Exterior (Camex) prorrogou por um mês o prazo para importações de algodão com alíquota zero. O prazo terminaria em 31 de maio. Segundo o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, o período foi prorrogado até 30 de junho "em função da permanência do quadro de escassez de algodão no mercado nacional, decorrente da quebra da safra do ano passado". A redução temporária de alíquota foi incluída na Lista de Exceção à Tarifa Externa Comum (TEC) em novembro de 2010.

A redução tarifária continua limitada à cota de 250 mil toneladas de algodão. Podem usufruir da redução tanto indústrias do segmento têxtil quanto empresas comerciais exportadoras para facilitar o acesso de micro e pequenas empresas ao produto com isenção de tarifa. A medida foi publicada hoje no Diário Oficial da União.

A Camex também reduziu para 2%, até 30 de junho de 2012, as alíquotas de Imposto de Importação para 128 bens de capital e de informática e telecomunicações sem produção nacional. Esses produtos foram incluídos no regime de ex-tarifário para atender investimentos previstos no valor total de US$ 2,8 bilhões nos setores de geração de energia, mineração e naval. As importações desses produtos devem somar US$ 281 milhões. O regime de ex-tarifário é usado para estimular investimentos ao baratear a importação de equipamentos que não têm similar nacional.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade