Publicidade

Estado de Minas

Não quer cozinhar no Natal? Temporada de encomendas para a ceia já começou

Monte o seu cardápio para o jantar com entradas, carnes, massas e saladas de estabelecimentos que querem facilitar a vida dos clientes


postado em 01/12/2019 04:00 / atualizado em 01/12/2019 18:10

Cheesecake de gorgonzola com figo e nozes-pecã do Buffet Fora do Comum(foto: Victor Schwaner/Divulgação)
Cheesecake de gorgonzola com figo e nozes-pecã do Buffet Fora do Comum (foto: Victor Schwaner/Divulgação)


Já está aberta a temporada de encomendas de Natal. Para quem busca praticidade, não há melhor que receber a comida pronta para servir. Muitas entradas, inclusive, nem precisam ir ao forno, vão para a mesa resfriadas. Um bufê e uma escola de gastronomia de Belo Horizonte apresentam seus cardápios para a época de mais movimento do ano com opções que vão desde antepastos até um jantar completo.
 
Natal é a época mais aguardada no Buffet Fora do Comum. Não só por causa das vendas, que chegam ao auge em dezembro, mas pela oportunidade de estar na casa de muitos clientes ao mesmo tempo. A cozinha costuma receber de 70 a 100 pedidos para a data. “As pessoas não têm mais tempo, então acham muito mais prático comprar a ceia, nem que sejam alguns itens. Isso facilita muito”, observa a nutricionista Camila Bitencourt, que entrou no bufê como estagiária e hoje comanda sozinha o negócio.
 
Tender defumado(foto: Victor Schwaner/Divulgação)
Tender defumado (foto: Victor Schwaner/Divulgação)
 
 
O cardápio deste ano conta com 20 opções, incluindo entradas, carnes, massas e acompanhamentos. Uma das novidades é a cevadinha com frutas secas e cebola caramelada. “Sempre colocamos grãos no cardápio. Já fizemos quinoa, cuscuz marroquino e desta vez decidimos tentar algo diferente”, justifica Camila. Depois de cozida, a cevadinha se mistura a damasco, tâmara e passas brancas. A cebola, reduzida na frigideira com um pouco de açúcar, consegue deixar o prato bem suculento. A receita vegana pode ser entrada ou acompanhamento para carnes.
 
Cevadinha com frutas secas e cebola caramelada(foto: Victor Schwaner/Divulgação)
Cevadinha com frutas secas e cebola caramelada (foto: Victor Schwaner/Divulgação)
 
 
Outra surpresa é o confit cítrico de pato. A ideia era apresentar a ave de forma diferente do convencional. “Quando se fala em pato, você pensa em arroz, ensopado ou magret, mas resolvemos criar uma entrada fria para comer com pães”, comenta Camila. A carne, já assada, é partida em lascas e fica mergulhada em um molho com azeite, alho-poró, alcaparras e limão siciliano.

O rosbife do chef, que segue a mesma linha, é uma das receitas mais antigas do bufê, que tem 15 anos, e hoje virou um clássico. Camila conta que usa filé-mignon mal passado em fatias bem finas. “É um dos pratos que mais saem. As pessoas conhecem rosbife de lagarto, mas fazemos com filé-mignon e o molho dá um sabor especial”, aponta. O molho tem alcaparras, azeitonas, queijo gorgonzola e tomate seco banhados em azeite. Uma boa pedida é comer com pães.
 
Terrine de creme de queijo com castanhas carameladas(foto: Victor Schwaner/Divulgação)
Terrine de creme de queijo com castanhas carameladas (foto: Victor Schwaner/Divulgação)
 
 
Não por acaso, as entradas frias são maioria no cardápio. Pratos que não precisam ir ao forno facilitam ainda mais para os clientes. Uma opção interessante é a cheesecake de queijo gorgonzola com base amanteigada e coberta com figos in natura e nozes-pecã mergulhadas em caramelo. Já a terrine de creme de queijo pode ser decorada com castanhas carameladas ou tomates confitados e pesto.
 
No cardápio de Natal do Buffet Fora do Comum, tem dois sabores de quiches: cogumelos (à frente) e salmão(foto: Victor Schwaner/Divulgação)
No cardápio de Natal do Buffet Fora do Comum, tem dois sabores de quiches: cogumelos (à frente) e salmão (foto: Victor Schwaner/Divulgação)
 
 
Natal não é Natal sem peru, tender ou pernil. Por isso, as carnes típicas do fim de ano não faltam no cardápio do Fora do Comum. Apenas as formas de preparo e os molhos mudam. A sugestão deste ano é comer o pernil com molho de maracujá. Já o peru será servido com pêssegos grelhados. O tender aparecerá na versão defumada e ganhará a companhia do chutney de manga com especiarias.
 
 
As carnes podem ser combinadas com uma lista de acompanhamentos, entre eles a tradicional farofa natalina, campeã nesta categoria. Feita na manteiga, a farofa se transforma com damasco, alho-poró, cebola, salsinha, bacon, azeitona e passas brancas. O arroz com raspas de limão siciliano e lâminas de amêndoas torradas também é sucesso, mas Camila espera conquistar o paladar dos clientes com uma receita nova de arroz, que leva lentilhas e linguiça amalfitana (bem picante).

As massas recheadas também são bastante requisitadas no Natal. Além do capeletti de queijo, que agrada pelo sabor mais neutro, o bufê oferece neste fim de ano ravióli de limão siciliano com queijo canastra, pansotti de creme cheese com damasco e fiori de queijo brie com mix de cogumelos. O cliente pode escolher o molho para acompanhar as massas entre quatro opções: queijo, pomodoro com manjericão, tomate rústico (em pedaços) com manjericão e funghi. O bufê está programado para receber pedidos até o dia 20.
 

Para petiscar 


Bárbara Coli cria o menu de Natal pensando principalmente em casais jovens(foto: Natália Diniz/Divulgação)
Bárbara Coli cria o menu de Natal pensando principalmente em casais jovens (foto: Natália Diniz/Divulgação)
Natal para a professora de gastronomia Bárbara Coli significa união, família e todas aquelas comidas tradicionais. A mãe dela, que veio do interior, sempre encheu a mesa com receitas como pernil, peru, arroz com passas e manjar de coco com ameixa. Mas, desde que fundou a Casa Coli Gastronomia, há um ano, a cozinheira enxergou um novo público para atender no dia da ceia.
 
“Crio o meu menu de Natal pensando em um novo perfil de família, principalmente casais jovens, que não querem jantar para encher a barriga. Gostam de prolongar a noite do Natal, então preferem entradinhas e antepastos para beliscar”, aponta Bárbara. As receitas são pensadas para comer com pão sírio, baguete, focaccia ou qualquer outro tipo de pão, mas também podem ser combinadas para substituir o jantar com leveza, sem pesar.
 
A terrine de campagne, por exemplo, pode ir para a mesa sozinha ou ser acompanha de arroz de salada. De origem francesa, a receita é feita com carnes e gordura de porco. “Frito bastante as carnes, depois cozinho para que fiquem bem macias e processo até virar uma pasta”, detalha. Por fim, Bárbara coloca a pasta para assar em uma forma retangular coberta por uma camada de bacon. O sabor, bem marcante, fica muito parecido com o de pernil.
 
Queijo brie em massa filo com compota de damasco(foto: Bárbara Coli/Divulgação)
Queijo brie em massa filo com compota de damasco (foto: Bárbara Coli/Divulgação)


Outro destaque do cardápio da Casa Coli é o queijo brie (inteiro) envolto em massa filo e coberto por compota de damasco. A quiche de queijo bursin de cabra com caramelo de castanhas (caju, pará, nozes e amêndoas com açúcar e um pouco de pimenta) também une doce e salgado. “Esta mistura agrada meu paladar e tem a ver com o Natal. Lembra as passas no arroz e o abacaxi com pernil.”

Para quem gosta de salada, Bárbara criou uma receita bem natalina, com peru defumado. Nesta receita, vão folhas, castanhas, frutas natalinas como cereja e figo, além de melão e cenoura fatiados bem finos no mandolim. Para finalizar, peru confitado desfiado. Outra opção é a caponata com berinjela, abobrinha, pimentões, cebola, passas, castanhas, vinagre e bastante azeite. Os pedidos podem ser feitos até o dia 19. 

Receitas 

Cheescake de gorgonzola com figos e nozes-pecã 
Buffet Fora do Comum

Ingredientes
2 ovos; 120g de manteiga; 250g de farinha de trigo; 30g de mostarda amarela; sal a gosto; 200ml de creme de leite fresco; 200g de queijo gorgonzola; 500g de ricota; sal a gosto; 10g de gelatina em pó incolor sem sabor

Modo de fazer
Para a massa, misture todos os ingredientes com a mão até que eles não grudem e abra em uma forma de fundo removível. Asse em fogo médio por 30 a 40 minutos. Reserve. Para o recheio, processe o creme de leite, a ricota e o queijo gorgonzola. Em outro recipiente, prepare a gelatina e acrescente na mistura. Acerte o sal. Depois que a massa estiver fria, acrescente o recheio. Deixe na geladeira até ficar firme. Decore com os figos e as nozes-pecã.

Quiche de boursin de cabra
Casa Coli Gastronomia

Quiche de queijo bursin de cabra decorada(foto: Bárbara Coli/Divulgação)
Quiche de queijo bursin de cabra decorada (foto: Bárbara Coli/Divulgação)


Ingredientes
250g de farinha de trigo; 125g de manteiga gelada; 1 ovo; 1 colher de chá de água; sal a gosto; manteiga e farinha de trigo para untar e enfarinhar; 400ml de creme de leite fresco; 120g de queijo boursin de cabra; 150g de queijo parmesão ralado fino; 4 ovos

Modo de fazer
Unte uma forma redonda de 20cm de diâmetro, de preferência própria para quiche, com manteiga e polvilhe com farinha. Reserve. Corte a manteiga em cubinhos. Numa tigela, misture todos os ingredientes com as mãos até formar uma massa homogênea. Faça uma bola e embrulhe com filme. Leve à geladeira por 10 minutos. Numa superfície enfarinhada, abra a massa com um rolo. Transfira para a forma preparada. Com as mãos, pressione contra o fundo e as laterais. Retire o excesso das laterais. Reserve. Polvilhe um pouco do queijo parmesão sobre o fundo da forma previamente forrada com a massa. Numa tigela, junte os ovos, o creme de leite, o boursin e o parmesão. Misture bem com um batedor de arame. Tempere com sal e pimenta-do-reino moída. Recheie a forma com o creme e leve ao forno para assar por cerca de 30 minutos ou até que fique dourada. Retire a quiche do forno e sirva quente ou em temperatura ambiente. 


Publicidade