UAI
Publicidade

Estado de Minas TÁ CHEGANDO A HORA...

''BBB 22'' e ''Faustão na Band'' vão brigar pela atenção do brasileiro

Especialistas em TV analisam como será a disputa dos dois programas que vão estrear na noite desta segunda-feira (17/1)


16/01/2022 04:00 - atualizado 16/01/2022 09:20

Ilustração do Quinho mostra Tadeu Schmidt e Faustão travando queda de braço

"Não dá para pensar que o reality funciona só na TV; ele é espraiado, está em todas as plataformas, em todos os canais de comunicação. Acontece alguma coisa no programa e isso gera quantidade enorme de conteúdos similares"

Arthur Guedes, especialista em realities shows


Duas estreias de peso movimentam a TV aberta brasileira a partir desta segunda-feira (17/1): a Rede Globo dá a largada na edição de número 22 do “Big Brother Brasil” e a Band acende os holofotes para Fausto Silva, que trocou de casa após 33 anos comandando o “Domingão do Faustão” na emissora carioca. Ambos terão exibição diária e só não é possível dizer que vão bater de frente, no que seria uma épica guerra pela audiência, porque os horários diferem um pouco.

O “Faustão na Band” será exibido de segunda a sexta, das 20h30 às 22h30, enquanto o “BBB 22” vai ao ar depois da novela “Um lugar ao sol”, por volta das 22h50. Podem apenas triscar no caso de um atrasar ou o outro se adiar. O primeiro episódio do maior reality show da TV brasileira servirá para a apresentação do elenco e das novidades. A partir de amanhã, ele será comandado pelo jornalista Tadeu Schmidt, substituto de Tiago Leifert.

Doutorando pela UFMG, o jornalista e pesquisador de comunicação Rafael Fialho acredita que se houvesse embate direto, “Faustão na Band” não teria chance. “Não vejo como uma competição. Como telespectador, estou me programando para ver o ‘Faustão’ e depois o ‘BBB’. Ainda que por pequena margem de tempo, os horários permitem”, diz.

A ida de Fausto Silva da Globo para a Band tem mais a ver com a questão do retorno comercial, por se tratar de apresentador com prestígio que pode abrir espaço para anunciantes de peso, acredita Fialho.

“Quando a gente pensa na Hebe Camargo na Rede TV!, era péssima audiência, mas tinha bons anunciantes, que queriam estar associados a ela. A Band, por muitos anos, teve essa faixa ocupada por programa religioso. Pensaram agora em algo comercialmente mais viável. Faustão é um grande nome na TV, mas não o vejo dando muita audiência na Band”, aponta.

Autor do livro “Comunicadores S/A”, o especialista em televisão Fernando Morgado também acha que Fausto Silva chega à Band – onde despontou, no fim dos anos 1980, com o anárquico “Perdidos na noite” – com missão mais relacionada ao aspecto financeiro do que propriamente à disputa pela liderança de audiência.

“Fausto é muito respeitado pelo meio publicitário. São raríssimos os artistas que transitam tão bem quanto ele entre agências e anunciantes. Sua capacidade de fechar negócios e criar ações é impressionante, sempre gerando resultados expressivos”, disse, em entrevista recente ao site Metrópole.

Morgado observou que para o mercado publicitário, a volta de Faustão ao ar significa contar outra vez com um vendedor eficiente, disposto a oferecer formatos diferenciados, indo além dos meros 30 segundos ou “dos testemunhais frios e sem envolvimento que muitos apresentadores fazem por aí”.

"A briga por audiência continua entre Globo e SBT, com Faustão aspirando ao terceiro ou segundo lugar. Mas se em termos de audiência não dá para esperar muita coisa, comercialmente ele já extrapolou as expectativas"

Rafael Fialho, pesquisador de comunicação


PATAMAR LIMITADO

Rafael Fialho destaca que por maior e mais profissional que seja a estrutura em torno de Fausto Silva, na Band ele não tem como repetir os feitos de sua passagem pela Globo. “Nas primeiras gravações do ‘Faustão na Band’, apareceram Maytê Piragibe e Tirulipa. Na Globo, ele recebia convidados bem mais expressivos. Existe um patamar da Band que não permite que ele vá muito além. A briga por audiência continua entre Globo e SBT, com Faustão aspirando ao terceiro ou segundo lugar. Mas se em termos de audiência não dá para esperar muita coisa, comercialmente ele já extrapolou as expectativas, pois tem fila de anunciantes e patrocinadores para o programa”, pondera.

O especialista chama a atenção para o fato de “Faustão na Band” vir logo na sequência do “Jornal da Band”, a maior audiência da casa, e isso obviamente representar um reforço para a atração em termos de público.

Porém, Fialho pondera que na mesma faixa de horário há concorrentes de peso: a Globo, com seu ainda imbatível “Jornal Nacional”; a Record, com um bom trecho de seu principal telejornal e a novela “A Bíblia”; e o SBT, com a novelinha “Carinha de anjo”, que tem boa audiência.

Fialho destaca que “BBB 22” chega na esteira de duas edições de muito sucesso – em 2020 e 2021 –, fruto da reinvenção pela qual o programa teve de passar em função da pandemia da COVID.

PIPOCA E CAMAROTE

“Criaram a coisa da ‘pipoca’ e do ‘camarote’, trazendo famosos para dentro da casa, o que gerou repercussão. O grande trunfo do ‘BBB’ é oferecer essa realidade paralela para a gente acompanhar como uma espécie de anestesia, porque o mundo está muito difícil, em termos de pandemia. É atraente você viver a vida do outro, que tem mais graça, mais festa, mais tudo”, aponta.

Antes de se reerguer em 2020, o “BBB” teve aquela que foi considerada a pior edição em todos os aspectos, em 2019, quando chegou ao fundo do poço de um declínio que já vinha se acentuando.

“Apesar de ser pesquisador de TV, só naquele ano comecei a acompanhar o ‘Big Brother’ e foi horrível. O programa já estava praticamente morto, mas seguia por causa do faturamento. Ele oferece uma exposição diária de sua marca, com várias formas de inserção. O formato permite integração com o comercial de maneira muito forte. É o grande evento televisivo do Brasil e um dos maiores faturamentos da Globo”, ressalta.

REDES DIGITAIS NA MIRA

O especialista em realities Arthur Guedes, doutorando pela UFMG, considera que “Faustão na Band” seja um teste, assim como cada edição do “BBB”, numa realidade multiplataforma como a atual, em que a conferência dos resultados, do que dá ou não dá certo, pode ser feita em tempo real.

“O que percebo é a relação que esses programas têm com as redes digitais, com as pessoas assistindo pela segunda tela, o que reverbera em número maior de espectadores. Na edição 2021 do ‘BBB’, você tinha o Rafael Portugal fazendo publicações a respeito no Instagram, no Tik Tok, no Twitter. É uma rede com muitos atores e muitos sujeitos envolvidos”, aponta.

Arthur Guedes ressalta que o “BBB” se elevou a partir da 20ª edição, ao incorporar personalidades e influenciadores de diversas mídias. O resultado disso é a adesão de um público novo, o que garante fôlego ao programa que, afinal, está há 22 anos no ar.

“O trunfo é esse, bem como incorporar o que é produzido nas redes digitais à dinâmica do programa. Não dá para pensar que o reality funciona só na TV; ele é espraiado por plataformas e canais de comunicação. Acontece alguma coisa no programa e isso gera quantidade enorme de conteúdos similares. O ‘BBB’ incorporar isso à dinâmica dele é uma estratégia e tanto”, diz o especialista.

O QUE ESPERAR 

Boninho, diretor do 'BBB 22'
Boninho, diretor do "BBB 22", apresentou o novo "botão de desistência" e avisa: "Se o cara apertar, tchau, está eliminado" (foto: Reprodução)

“BBB 22”

A 22ª temporada marca a estreia de Tadeu Schmidt como apresentador. A previsão é de que a atração tenha 95 episódios e termine em 21 de abril. O reality repete a fórmula de confinar famosos, agrupados no time batizado Camarote, e anônimos, no grupo Pipoca. Continuam as provas de líder, bate-volta e imunidade, as festas, os jogos da discórdia e almoços especiais.

Entre as novidades está a possibilidade de participantes comprarem itens adicionais antes de cada festa e a “Sessão cinema do líder” – faixa que a Rede Globo vai reservar nas noites de terça para transmitir o mesmo filme exibido para os participantes do “BBB 22”.

A sala é caracterizada pelo excesso de cores, presentes nas paredes, no sofá e, de resto, em toda a decoração. A área externa traz muitas cores e formas geométricas que se repetem nos muros, com direito a iluminação especial à noite.

A academia explora estampas e mantém o painel com as figuras dos participantes, os ícones do jogo e espaço de estar com pufes e mesas. Uma diferença significativa em relação às edições anteriores é o banheiro principal, o único com chuveiro. Quem quiser tomar banho terá de entrar na fila. Outra novidade é a cama suspensa do segundo quarto.
 
 
João Guilherme Silva, filho de Faustão
"É um sonho que eu sempre tive", diz João Guilherme Silva, de 17 anos, filho de Faustão, que estará ao lado do pai na Band (foto: Reprodução)
 

“FAUSTÃO NA BAND”

Com apresentação de Fausto Silva, de seu filho João Guilherme, que estreia na televisão, e da jornalista Anne Lotterman, que conduzia a previsão do tempo do “Jornal Nacional”, o programa, apesar do formato diferente, traz muitas inspirações do “Domingão do Faustão” da Globo.

A principal característica do “Faustão na Band”, ao menos no primeiro momento, é que cada dia da semana terá um quadro diferente, além das “cassetadas” diárias e de atrações semanais, como “Desbravadores do planeta” (semelhante ao “Domingão aventura”) e  “História da vida”.

Os quadros que marcam o programa são “Pizzaria do Faustão” (segunda-feira), “Grana ou fama” (terça), “Dança das feras” (quarta), “Na pista do sucesso” (quinta) e “Churrascão do Faustão” (sexta). A atração de quinta segue mais ou menos os mesmos moldes do “Ding dong”, cujos direitos pertencem à Globo.“Na pista do sucesso” propõe que dois competidores tentem descobrir qual é a música ou o artista secreto para marcar pontos. As dicas podem ser uma foto do cantor de costas ou o vídeo de um amigo falando sobre a pessoa em questão. Duas duplas já gravaram participação. Um delas tem a atriz Maytê Piragibe e o comediante Tirulipa. A outra é formada pelo ator Sergio Marone e a ex-modelo Fernanda Motta.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade