UAI
Publicidade

Estado de Minas MÚSICA

Cantora e psicóloga mineira grava disco dedicado às vítimas de Brumadinho

Depois de ouvir atingidos pela tragédia do rompimento da barragem, Christiana Lobo compôs as 10 canções do álbum 'Plantar ações'


23/09/2021 11:47 - atualizado 23/09/2021 13:20

Christiana Lobo é psicóloga e decidiu seguir também a carreira de cantora aos 40 anos
Christiana Lobo é psicóloga e decidiu seguir também a carreira de cantora aos 40 anos (foto: Felipe Fantoni/Divulgação)

Apesar das lutas, desafios, perdas e adversidades, a vida tem que seguir. Que seja então de muita luz e de esperança para todos

Christiana Lobo, cantora


" Plantar ações ", terceiro disco de MPB da cantora Christiana Lobo , traz 10 canções de sua autoria, cujo foco gira em torno da tragédia de Brumadinho , ocorrida há dois anos, quando houve o rompimento da mina do Córrego do Feijão. Já disponível nas plataformas digitais, o álbum deverá ser lançado em formato físico no próximo mês de novembro.

Além do encarte com as letras, o disco trará cifras para violão. Christiana conta que todas as canções foram feitas em 2020, em parceria com o baixista, produtor e diretor musical Felipe Fantoni (Estúdio Leve Music), que também assina a produção do álbum.

A música-título conta com a participação de Lô Borges. O clipe de "Plantar ações" está disponível no canal da cantora no YouTube. Outras participações especiais no álbum são as de Sérgio Pererê ("Ancorar coração") e Maurício Tizumba ("Pouso dos sons").

"As canções são inspiradas nos relatos da população de Brumadinho, com toque poético, de leveza e superação. Frequento a região há 30 anos e tenho uma grande carga afetiva pelo lugar, que é a terra na qual nasceu meu sogro", diz Christiana. Ela diz que o CD foi viabilizado com recursos da Lei Aldir Blanc e apoio do Ministério do Turismo, Governo do Estado de Minas Gerais e Secretaria de Estado da Cultura e Turismo de Minas Gerais.

A iniciativa de gravar o álbum, diz, surgiu do fato de ela estar "ciente da responsabilidade das artes como auxílio transformador de formação social". E acrescenta: "Como compositora, cantora e psicóloga, apresento esse projeto que traz canções sobre o tema e que inspiram a superação de desafios".

No contato com a comunidade de Brumadinho afetada pela tragédia, o que mais chamou a atenção da artista "foi o espírito de solidariedade, união, garra e superação de todos". Foi esse espírito que Christiana tentou "passar por meio de minhas canções", conforme conta.

Ela diz que seu disco é um convite para que a sociedade se una em prol de um mundo melhor, de boas práticas, de respeito ao próximo, da preservação da natureza e dos cuidados com os animais.

"O álbum ressalta, por exemplo, a dádiva do Rio Paraopeba, instigando a consciência das pessoas em relação à preservação do meio ambiente. Espero que essas ações positivas floresçam, cada vez mais, em cada um de nós. É como diz o trecho da música 'Plantar ações': Testar o amor... Plantar ações... Recriar morada em nossos corações."

FLORES Em sintonia com a proposta de disseminar positividade mundo afora por meio do disco, Christiana conta que foi a Brumadinho, no dia 4 de setembro, para plantar outra ação como forma simbólica desse novo trabalho, que foi a construção de um canteiro de flores em frente à sede da tradicional Banda São José, criada em 2011.

"Ela tem como finalidade a educação musical como recurso de inclusão social e desenvolvimento cultural de algumas comunidades rurais da região. É uma missão grandiosa da banda que me inspirou também para compor meu CD. Apesar das lutas, desafios, perdas e adversidades, a vida tem que seguir. Que seja então de muita luz e de esperança para todos."

Christiana conta que não se sentia musicista até há 10 anos. "Hoje acho que me sinto mais compositora. Como sou psicóloga, só comecei a compor aos 40 anos. Isso porque nunca acreditei muito que era uma profissional dessa área, mas realmente a inspiração é natural. A canção vem naturalmente, às vezes a letra e a música. Todas as letras do disco são minhas. As parcerias são somente nas melodias."

Fazer parcerias, diz Christiana, é "uma marca" sua. "Não tenho esse apego à obra. Gosto muito de ter pessoas do lado, fazendo junto." Ela conta que uma de suas influências na música é seu irmão Armando Lobo, baterista e flautista amador.

"Ele tinha bandas na juventude e eu gostava muito de fazer os backings vocal e tocava um pouquinho de bateria com ele, mas tudo muito na brincadeira, no lúdico. Aos 40 anos, a ideia realmente aflorou, investi e comecei a cantar", diz ela.

O canto sempre esteve presente em sua família, na figura do avô, também chamado Armando Lobo, como seu irmão, e da mãe, Ivelyse Carmelita, cantora lírica e artista plástica. Além do trabalho focado no público adulto, Christiana tem um projeto paralelo dedicado às crianças.

None
"PLANTAR AÇÕES"

  •  Christiana Lobo 
  •  Álbum com 10 faixas 
  •  Disponível nas plataformas digitais


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade