Publicidade

Estado de Minas CINEMA

Cinecipó destaca filmes de indígenas, negros e artistas LGBTQIA+

Até 28 de dezembro, festival on-line vai exibir gratuitamente 60 curtas e longas-metragens. O documentário colombiano 'Nossa voz de terra %u2013 Memória e futuro' abre a programação


30/11/2020 04:00

(foto: Youtube/reprodução)
(foto: Youtube/reprodução)

A 9ª edição do Cinecipó começa nesta segunda-feira (30), destacando produções audiovisuais realizadas por indígenas, negros, artistas LGBTQIA+ e diretores comprometidos com a diversidade cultural e de gênero. Até 28 de dezembro, o evento exibirá gratuitamente cerca de 60 curtas e longas-metragens no site www.cinecipo.com.br. Nossa voz de terra – Memória e futuro (foto), de Marta Rodriguez e Jorge Silva, abre a programação e ficará disponível até as 20h de terça-feira (1º/12). Com 90 minutos, o documentário colombiano mostra o complexo processo de adaptação dos indígenas ao mundo contemporâneo.

IMPREVISÍVEL
MARIANA E ZECA

A cantora mineira Mariana Brant acaba de lançar o single Imprevisível, parceria dela com Zeca Baleiro, que está disponível nas plataformas digitais. A música faz parte da série de composições de Geraldo Vianna e Paulo Sérgio Valle que serão gravadas por Mariana em seu próximo disco.

SEMPRE UM PAPO
SÉRGIO ABRANCHES

Nesta segunda-feira (30), Afonso Borges recebe o cientista político Sérgio Abranches, às 18h, nas redes sociais do Projeto Sempre um Papo. Os dois vão conversar sobre O tempo dos governantes incidentais (Companhia das Letras), livro que Abranches lançou este ano, abordando a crise da ordem liberal-democrática em todo o mundo.

(foto: Nadja Kouchi/divulgação)
(foto: Nadja Kouchi/divulgação)

SHOW
LUIZA BRINA

Acompanhada apenas de seu violão, a cantora e compositora Luiza Brina (foto) apresenta as 10 canções do disco solo Deriva, nesta segunda-feira (30), às 19h30, nas redes sociais do Memorial Vale. As letras expressam inquietações e esperanças de Luiza em relação ao mundo “pós-pandemia”. Além de se dedicar à carreira solo, a artista integra a banda Graveola, destaque da cena contemporânea de Minas. Informações: https://www.instagram.com/memorial.vale e https://www.youtube.com/user/memorialvale

TAMBOR MINEIRO
FESTEJO ON-LINE

O Festejo do Tambor Mineiro, que desde 2002 percorre as ruas do Prado, em BH, foi obrigado pela pandemia a adotar o formato virtual. Serão três ações gratuitas on-line este ano: curso de formação, show e roda de conversa. A oficina “Essa gunga veio de lá: Filosofias espirituais centro-africanas nos reinados afro-sudestinos”, ministrada pelo historiador e etnomusicólogo Rafael Galante, será realizada em 1º, 3, 8, 10 e 12 de dezembro, das 19h30 às 22h30, com vagas limitadas. Inscrições: bitly.com/EssaGunga. Dia 12, tem show de Maurício Tizumba e Chico Amaral. No dia 13, a roda de conversa “Prosas e cantos congadeiros” reunirá as capitãs da Guarda de Moçambique Nossa Senhora do Rosário e São José e integrantes do Tambor Mineiro.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade