Publicidade

Estado de Minas CONTA-GOTAS

Máscara pode provocar sensibilidade e acne


postado em 05/07/2020 04:00

(foto: Dermatus/Divulgação)
(foto: Dermatus/Divulgação)



Durante a pandemia causada pelo novo coronavírus, a máscara de proteção se tornou um acessório indispensável na rotina de todos. Em algumas pessoas, a saúde da pele pode ser afetada na região abafada, criando sensibilidade ou até acne. Ivanilde Itaborahy, farmacêutica da Dermatus, dá algumas dicas de cuidados na hora de manusear a máscara e cuidar da pele.

1 – Para vestir a máscara
É importante estar com as mãos limpas e não tocar na parte frontal da máscara. Primeiro, ajuste o elástico da máscara atrás das orelhas ou amarre as pontas atrás da nuca. Em seguida, arrume-a na face, cobrindo totalmente o nariz, boca e queixo.
2 – Para retirar a máscara
Toque somente nos elásticos presos nas orelhas. Após, lave bem as mãos e faça uma assepsia na máscara para o próximo uso.
3 – Rosto sempre limpo e hidratado
É importante manter o rosto sempre limpo e hidratado, pois dependendo do material da máscara e o tempo de uso, algumas pessoas podem apresentar alguma sensibilização na região. No caso das peles mistas e oleosas, podem acentuar ainda mais a oleosidade, inclusive estimular o surgimento de acne. Nesse caso, é recomendado o uso de produtos específicos para sua pele.
4 – Utilizar fotoprotetor
Manter o uso do fotoprotetor diário é essencial, mesmo estando dentro de casa.
5 – Uso de maquiagem
Para quem desejar, a maquiagem pode ser utilizada normalmente, mas é importante sempre se atentar ao produto, ele deve ser adequado para cada tipo de pele. Em peles oleosas, os livre de óleo, toque seco e efeito mate são os ideais.




Limpeza e hidratação nasal
 
O nariz é a porta de entrada do sistema respiratório, responsável por aquecer e umidificar o ar inalado, além de filtrar as partículas e micro-organismos. Com a chegada do inverno, as doenças respiratórias tendem a piorar, já que a temperatura e umidade do ar baixas criam um ambiente propício para a proliferação de vírus e bactérias que causam ou agravam essas doenças. "A respiração pelo nariz é fundamental para que o ar inalado seja adequadamente condicionado. Isso quer dizer que, ao passar pelo nariz, o ar é filtrado, umidificado e aquecido em condições ideais para a oxigenação nos pulmões. Quando ocorre respiração bucal, esse condicionamento não é adequado", alerta Maura Neves, doutora em ciências da saúde pelo Departamento de Otorrinolaringologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Para ajudar a prevenir doenças respiratórias, como gripe, resfriado, rinite, sinusite, entre outras, a recomendação é realizar a limpeza e hidratação nasal diariamente. A médica recomenda que a limpeza e hidratação nasal sejam feitas, no mínimo, duas vezes ao dia.
 
 
 
Suco detox fortalece o sistema imunológico
 
(foto: MF Press Global/divulgação )
(foto: MF Press Global/divulgação )
Investir em boas escolhas nutricionais é apontado por diversos especialistas como algo mais do que necessário para manter a saúde em dia e fortalecer as defesas do corpo. Nesse sentido, a especialista em nutrição Gabi Lodewijks elaborou uma receita na- tural que traz diversos benefícios ao corpo, ajudando inclusive a fortalecer o sistema imunológico e combatendo outras doenças: "Unimos nesta receita fácil de fazer e saborosa a beterraba, que é ótima para combater anemia, ajuda a melhorar o rendimento nos treinos e fortalece o sistema imune, com o abacaxi, que é um poderoso antioxidante, diurético, digestivo, rico em vitamina C e que também fortalece o sistema imunológico. Tanto a beterraba quanto o abacaxi são ótimos para a recuperação pós-atividade física".

Confira a receita do suco detox de beterraba e abacaxi:

Ingredientes
» 1 colher sopa de beterraba picada
» 1 colher sopa de abacaxi
» 1 punhado de hortelã

Modo de preparo
» Bata todos os ingredientes no liquidificador por alguns minutos e está pronto. Rende um copo americano (250ml). O ideal é consumir na hora. Pode ser levado à geladeira, mas não deve ser consumido depois de 24 horas, pois muitos nutrientes e vitaminas desnaturam durante esse período, perdendo a eficácia.

 
 
Uso do protetor  solar deve continuar mesmo em casa
(foto: Pixabay)
(foto: Pixabay)

Muita gente sabe que o protetor solar é o principal aliado para proteger a pele contra a exposição direta ao sol. Porém, o que poucos sabem é que esse cuidado também deve ser mantido durante o inverno e, principalmente, dentro de casa. De acordo com o dermatologista Fábio Gontijo, a exposição aos raios solares não é o único risco para a saúde da pele. “Em casa, também estamos expostos a diversos tipos de radiação liberados de aparelhos eletrônicos, como TVs, tela do computador e objetos do gênero. Além disso, luzes artificiais como leds e fluorescentes podem causar danos caso a pele fique exposta por muito tempo”, explica. Gontijo acrescenta que tal radiação pode ser responsável pelo enve- lhecimento precoce, manchas, além de outros males para a derme. Ou seja, a melhor forma de continuar se cuidando é investir na proteção, mesmo em ambientes fechados. “Dentro de casa, não é necessário utilizar um fator tão forte como nas ruas, durante o dia, com o sol forte. Mas o produto deve ser utilizado com frequência e da maneira correta, por toda a extensão da pele”, diz.




Ganho de calorias ao ingerir bebida alcoólica
 
Será que álcool engorda? Infelizmente, a resposta é sim, álcool ajuda a ganhar peso. Toda bebida alcoólica vem do processo de destilação ou fermentação a partir do açúcar. Durante esse processo de transformação da molécula de açúcar (4cal) em álcool (7cal) há um ganho de três calorias. O que significa que o álcool não só é mais calórico que o açúcar, como tem quase o dobro de calorias. De acordo com Filippo Pedrinola, médico endocrinologista, o metabolismo acaba sendo bastante afetado pelo consumo do álcool durante o processo de emagrecimento: “Quando há a ingestão da bebida alcoólica, além de consumir o dobro das calorias do açúcar, o metabolismo vai priorizar a eliminação do álcool do organismo. Isso significa que ele acaba deixando de lado o processo normal de queima calórica do corpo, proveniente dos alimentos que ingerimos, como se atrasasse o metabolismo”. Portanto, para emagrecer com saúde e não deixar o álcool atrapalhar o processo, o ideal é sempre evitar o excesso de bebida, consumindo com moderação e buscando fazer misturas que tenham o mínimo de açúcar possível.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade