Publicidade

Estado de Minas

Adeus rugas: homens entram, de cara, na onda da harmonização facial

Vaidade masculina em alta! Celebridades estão surpreendendo os fãs com a aparência renovada. Vamos revelar o segredo (escondido) dos famosos na busca da eterna juventude


postado em 10/09/2019 14:33 / atualizado em 10/09/2019 15:17

Celebridades recorrem ao Botox como forma de suavizar as linhas no rosto(foto: Reprodução de internet)
Celebridades recorrem ao Botox como forma de suavizar as linhas no rosto (foto: Reprodução de internet)
 
O que George Clooney, David Beckham, Silvester Stallone, Malvino Salvador, Dan Stulbach têm em comum? Todos já passaram da casa dos 40 anos, são bem-sucedidos em sua profissão, bem pagos e ainda conseguem manter um certo charme até o dias de hoje. Mas o que poucos sabem, mesmo que estampado na cara deles, é que um dia esses famosos recorreram à harmonização facial e ao botox para aliviar os efeitos do tempo.

Não é de hoje a busca pela eterna juventude. A beleza prolongada, intocável com o passar dos anos, foi sempre retratada na literatura e no cinema. Vampiros como Drácula nunca envelheciam. Mas foi o dramaturgo inglês Oscar Wilde que soube como ninguém, lá no final do século 19, discorrer sobre o tema.
 
Quando escreveu O Retrato de Dorian Gray, em 1890,  Wilde mostrou como a busca pela juventude poderia deixar alguém transtornado. Neste livro, ele escreveu: “A tragédia da velhice não consiste em ser velho, mas em ter sido jovem". Ainda bem que os tempos mudaram. O homem atual é vaidoso e não abre mão de
corrigir algo que o incomoda.

Se o universo feminino não esconde que faz de tudo para retardar os efeitos do tempo e que tudo é permitido para a beleza eterna, as mulheres recorrem aos cremes, tratamentos estéticos até as correções cirúrgicas. Já os homens, digamos, até pouco tempo eram mais discretos. Mas isto também está deixando de ser um tabu e passou a ser assunto corriqueiro na roda de amigos.
 
Hoje, a frequência masculina aumenta cada vez mais nas clínicas. Sim, os homens estão em busca de um tratamento, com a ajuda das aplicações da toxina botulínica ou interveções cirúgicas que possam proporcionar uma aparência facial bem mais jovial. 
 
DJ Alok recebeu crítica dos seguidores após a realização da harmonização facial(foto: Reprodução Instagram)
DJ Alok recebeu crítica dos seguidores após a realização da harmonização facial (foto: Reprodução Instagram)
 
Em alta está a tão procurada harmonização facial. Este é o nome dado ao conjunto de procedimentos usados para rejuvenescer o rosto. Geralmente, são aplicados preenchimentos de ácido hialurônico, que ajuda a sustentar e formar colágeno, e toxina botulínica, essencial para relaxar os músculos e reduzir rugas. O músico e DJ Alok passou recententemente pelo procedimento onde aumentou a mandíbula e modificou a linha facial. 

Mitos e verdades sobre o Botox

Qualquer procedimento cirúrgico precisa ser realizado por um profissional especializado(foto: Mark Sullivan/Freeimages)
Qualquer procedimento cirúrgico precisa ser realizado por um profissional especializado (foto: Mark Sullivan/Freeimages)


Se ao olhar no espelho ou em uma fotografia é possível notar o aparecimento de rugas, um dos principais tratamentos indicados é a toxina botulínica. Especialista esclarece principais dúvidas:

A busca pela aparência perfeita está cada dia mais incessante. Caminhando no mesmo compasso ou até mesmo mais rápida, a ciência tem progredido, consideravelmente, em relação aos procedimentos e tratamentos estéticos. Ao passo em que a estética avança, dúvidas e mitos também vão surgindo. Um dos procedimentos mais procurados e julgados é a aplicação da toxina botulínica.

De acordo com dados divulgados no Censo 2016, da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), a toxina botulínica é o segundo tratamento não cirúrgico mais procurado, perdendo apenas para o preenchimento. O tratamento é realizado através de aplicações em músculos específicos, que causam o relaxamento da musculatura de determinada região. Para a dermatologista Teresa Noviello, membro titular da Sociedade Brasileira de Dermatologia – SBD e Regional MG é importante estarmos atentos acerca da utilização da toxina botulínica (Botox), pois o número de usuários adeptos vem crescendo e por isso informações devem ser divulgadas.

“É natural que surjam dúvidas. Primeiramente, o principal ponto que o paciente deve observar é a formação do profissional médico. É de suma importância que o mesmo seja especialista na área e capacitado”, diz Teresa Noviello. A profissional selecionou alguns pontos para esclarecer e desmistificar o uso do Botox.

•      O efeito é imediato - MITO

Teresa explica que é preciso aguardar de 24 horas a 48 horas: “É preciso esperar dois ou três dias para que os resultados apareçam. Estudos mostram que os efeitos máximos são atingidos em duas semanas”.

•      A aplicação só pode ser feita a partir dos 30 anos -  MITO

Não há uma idade mínima para aplicação. O mais importante é sempre ter uma avaliação correta do especialista e a indicação apropriada para o procedimento ”, pondera a dermatologista.

•      É possível prevenir rugas usando Botox - VERDADE

Teresa esclarece que as aplicações em pacientes jovens ajudam a evitar lesões profundas na derme – que causam a ruga – pois agem nos músculos que se movem excessivamente. "Há alguns músculos que se movem mais. Esse excesso de movimentações marca a pele profundamente e gera a ruga. Ao aplicar botox nessas áreas, mesmo com apenas marcas suaves, os músculos deixam de fazer esses movimentos”.
 
Não se deve fazer a aplicação do Botox, pessoas que tem hipersensibilidade a substancia ativa(foto: Mark Sullivan/Freeimages)
Não se deve fazer a aplicação do Botox, pessoas que tem hipersensibilidade a substancia ativa (foto: Mark Sullivan/Freeimages)

 
•      Botox não é indicado apenas para corrigir rugas -  VERDADE

De acordo com a profissional, o botox é recomendado também para estrabismo, hiperidrose axilar e palmar (suor excessivo), sorriso gengival, bruxismo, distonias e espasticidade, entre outras alterações.

•      A aplicação é dolorosa - MITO

“Não, praticamente indolor e normalmente feita com agulhas bem finas (tipo de insulina)”, assegura Teresa. Mas, segundo ela, em caso de pacientes mais sensíveis , pode ser utilizado um anestésico tópico local .

•      Existem áreas no rosto em que o produto é mais eficiente - MITO

A dermatologista esclarece que o que há é a utilização correta da toxina por profissionais médicos qualificados. Ou seja, conhecimento da técnica de aplicação, no local e no músculo exato e a dose ideal, para que tenha o resultado eficaz e satisfatório.


Publicidade