Publicidade

Estado de Minas TRENDS TALKS

Pensa em ser 10% ou 10 vezes melhor? Conheça o empreendedor exponencial

O conceito de organizações exponenciais já é conhecido há um bom tempo e é muito difícil alcançá-lo. Mas e o empreendedor exponencial?


16/07/2021 06:00

(foto: cesu.cps.sp.gov.br/Reprodução)
(foto: cesu.cps.sp.gov.br/Reprodução)

Salim Ismail, Michael S. Malone e Yuri van Geest trouxeram a visão de "organizações exponenciais" em seu livro no ano de 2014. Dali para a frente, esse termo se expandiu e passou a permear os modelos de negócios de inúmeras startups digitais e caiu na boca de empreendedores em geral para definir algo que pode crescer rapidamente. 
 

De acordo com eles, há uma série de atributos internos e externos para se alcançar essa exponencialidade. 

Do outro lado estariam as empresas "lineares", que seriam as tradicionais, mas que, na verdade, seria 99.9% do total, face à realidade do mercado (e nem tanto dos empreendedores). 

Mas vamos simplificar bastante esse conceito para  tangibilizar o atributo de visão de negócio de uma forma que ele possa ser melhor aplicado para o jeito de pensar e agir de um bom empreendedor? Vamos democratizar um pouco as competências necessárias para termos um empreendedor exponencial?

Como você enxergando sua ideia ou seu negócio? Como sua empresa está vivendo? Você está se contentando em buscar apenas 10% a mais ao ano, ou vai começar a buscar 10 vezes mais? Para se alcançar o mindset de busca de 10 vezes mais, precisa-se ser uma pessoa surpreendente, de estratégias e planejamentos surpreendentes e não previsíveis, e não os mesmos que todo mundo faz a todo momento. 

Esse é o empreendedor exponencial.

O resultado? Pode não ser o crescimento exponencial. São poucos os que conseguem imprimir esse ritmo e ele depende de vários outros fatores, como tecnologia, investimento, time. Mas você estará muito mais perto de resultados surpreendentes e de destaque no seu mercado a partir desse comportamento.

Linearidade - 30 passos=30 metros


Para a compreensão do que é a linearidade no nosso contexto, vamos entendê-la como o atravessar de uma grande sala. Considerando que cada passo tem 1 metro, se são dados 30 passos linearmente, andou-se 30 metros. Essa é a mentalidade do 10% ao ano que citei. 

Pense nisso como uma mentalidade, uma maneira de pensar e a maneira de pensar, lembremos, se traduz na maneira de agir. Não estamos questionando o "começar pequeno". Isso faz parte da filosofia exponencial. O que está sendo questionado aqui é começar pequeno e pensar pequeno, porque isso não vai levar ninguém a lugar algum.

O risco de uma empresa dessa ser detonada pela alta concorrência ou por alguma crise externa é gigantesco.
Mas além dessa empresa estar correndo um alto risco em relação a tudo que vem acontecendo no seu mercado, e acontecendo cada vez mais rapidamente, ela também não estará apta a aproveitar a oportunidade de crescimento, evolução, expansão e as oportunidades de um mundo acelerado e com mudanças exponenciais.

Exponencialidade - 30 passos=26 voltas no planeta


Ao se pensar exponencialmente, ao invés dos 30 passos lineares (de 1 metro cada), se forem dados os passos 1, 2, 4, 8, 16, 32... e assim por diante o resultado é que em 30 passos exponenciais sejam dadas 26 voltas no planeta. 

Essa é uma comparação ilustrativa que se faz para mostrar que lá no Vale do Silício, nos EUA, naquelas startups que estão à procura de investimento milionários, de fundos de investimento a partir de ideias que podem mudar mercados enormes, impactar milhões de pessoas, esse mindset tem que se materializar em negócios. 

Ocorre que, as empresas normais, que são 99% de todas as empresas, não vão crescer exponencialmente como uma startup, embora possam, sim, crescer muito. Estamos falando da modulação da mentalidade do líder e do seu time, para se desvencilhar dos 10% e pensar nos "10 vezes mais".

Em outras palavras, estamos falando de pensar, e agir, GRANDE, refletindo em toda a jornada de aquisição de conhecimento, de liderança, de construção de relacionamentos, de procura de formas de expansão da empresa, uso de tecnologia, relacionamento com clientes, se direcionando para encontrar ideias mais arrojadas, tecnologias mais interessantes e para a construção de time com pessoas que estejam nesse patamar.

Veja bem, é importante desmistificar essa exponencialidade e "desbanalizar" esse conceito. A esmagadora maioria das empresas não vai dobrar de tamanho todos os anos e nem atingir centenas de milhões de clientes. 

Claro que é possível, apesar de não ser uma coisa assim tão esperável, operacional, construir uma jornada dessa até uma empresa desse pequeno porte, 200, 300, 400 milhões, 1 bilhão de reais e chegar a ser o famoso "unicórnio", o grande objetivo das startups. Isso é para um nicho menor de empresas, mais localizado, têm formas especificas de acontecer e de se construir esse tipo de negócio.

Para um negócio normal, o kickoff é a mentalidade exponencial: deve-se pensar grande, para materializar esse pensamento em ações grandiosas, em riscos maiores, em busca de conhecimentos também grandiosos, em conexão com pessoas grandiosas, em montagem de time com pessoas que acreditem nisso e que tenham condições de contribuir com isso. Isso é ter um mindset exponencial,

E esse modo de pensar e agir é constrói um empreendedor exponencial.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade