Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas PSICOLOGIA POSITIVA

Metas cumpridas com menos esforço

Precisamos treinar nosso cérebro para se concentrar no importante primeiro e ignorar o que for irrelevante e que, muitas vezes, nos toma tempo e energia


09/01/2022 04:00 - atualizado 09/01/2022 08:33

cérebro
É preciso cumprir as metas com menor esforço e mais praticidade


Entramos em 2022 e precisamos aprender a viver uma vida mais simples, com menos esforço e mais saudável. Como escrevi em alguns artigos atrás... estamos gastando muito esforço e tendo pouco resultado.

O efeito disso é que quanto mais faço, que seja só o essencial, mas me canso. O resultado disso é um menor rendimento, baixa criatividade. Acabo me desgastando e sem produtividade de excelência, mesmo que faça apenas o essencial.

Pior, a maioria das pessoas que trabalham, após estes quase dois anos de pandemia, estão reclamando de FADIGA CRÔNICA – cansaço ao acordar, dores no corpo, insônia, irritação, mau humor, falta de desejo de fazer o que gostava, falta de criatividade e memória e doenças recorrentes. O burnout pode vir como consequência de tudo isso. O pavio de energia se apaga, a pessoa vai para casa e não quer mais se levantar.
 
Menos faz mais. Precisamos treinar nosso cérebro para se concentrar no importante primeiro e ignorar o que for irrelevante e que, muitas vezes, nos toma tempo e energia.

Lembrar que podemos fazer com menos esforço as atividades se começarmos pelas mais importantes primeiro. Assim, simplificar processos removendo etapas desnecessárias, pedindo ajuda naquilo que você não é bom o bastante para não perder seu melhor tempo.

Entender que as pausas são necessárias e recarregam baterias e precisam estar incluídas em nossa rota de vida. Definir um ritmo que seja sustentável em vez de avançar a todo custo e perder sua melhor hora, o agora. E com isso transformar tarefas chatas em rituais divertidos.

E está na hora, de recalcular a rota, mudar estruturas antigas e rever o que de verdade pode diminuir em seus afazeres e aumentar sua qualidade de vida. Para isso, precisamos criar METAS.

Metas com menor esforço. Metas que conciliem as atividades primordiais e importantes como seu trabalho com alguma coisa que o ajude a fazer este serviço de forma agradável. Por exemplo, fazer os trabalhos domésticos escutando música, cantando um mantra.

No trabalho associar cheiros ao ambiente, levar uma xícara de chá, ter flores que deixem o ambiente mais agradável ou qualquer outra coisa que mude seu astral ao trabalhar. Pode até ser mudar sua cadeira!

Importante é entender que há necessidade de se priorizar, pois num dia nem sempre caberá tudo que deseja fazer. Por isso, aproveite seu começo de ano e reveja suas atividades em todos os aspectos de sua vida.

Você estava priorizando mais o trabalho que sua saúde ou sua família, até mesmo os seus melhores prazeres que alimentam sua alma em virtude da crise financeira, do ter que bater metas, do desejar alcançar certo cargo na empresa?

Cuidado, pois pode ganhar o indesejado. Uma piora em seu ânimo, uma irritabilidade constante e até se desgastar tanto que não terá mais criatividade e vontade de fazer o que faz.

Por isso, chegou a hora do balanço, de revisar suas atividades, de recalcular o que realmente você deseja para sua vida.

Se for saúde, tenha tempo de descanso, hobby, relacionamentos sau- dáveis. Aproveite e inclua os exercícios físicos, o controle de sua dieta para que seja mais saudável. Inclua o descanso, durma mais cedo. Procure ver que atividades deve priorizar para o seu “ganha pão”. Pois ninguém pode viver sem ter como se sustentar.

Por isso, trabalho nos faz bem também, mas na medida certa. Alie a ele coisas que tragam mais prazer. Procure colocar suas tarefas de trabalho em horários estratégicos que possam coincidir com sua melhor produtividade, desde que não seja tarde da noite, pois será um prejuízo geral à sua saúde fazer isso. Ao longo do tempo, você pagará a conta com sua saúde.

Vejo muitos coaches, pessoas que se dizem expertises fazendo lives de madrugada! Isso será algo salutar? Pode ter certeza que pagarão um preço alto pela falta do sono reparador. Devemos sim dormir cedo e acordar cedo, mas acordar com o sol nascendo, quando o nosso nível de cortisol se eleva e estamos prontos para luta. Mas o acordar de madrugada, antes do sol nascer é como dormir muito tarde. Bem não fará e a conta virá em algum tempo.

E então, todo dinheiro e fama ganhos não poderão ser desfrutados por alguém que está doente.

Procure se assentar, tomar um tempo e ver quais áreas de sua vida estão sendo negligenciadas.

Procure ver qual tempo deverá gastar com seu trabalho e com seus outros cuidados. Busque montar uma agenda com algum tempo livre, com pausas para descansar e ter aquele horário especial ao seu corpo – fazendo exercícios e tendo pausas curativas!

Nestas pausas pode incluir se assentar num lugar da natureza e apreciar, escutar música, meditar, fazer seu hobby preferido como costura, bordado, artesanato, bicicleta, seja lá o que for, desde que lhe deixe com a mente descansada, será muito bom.

Fazer uma agenda de horários semanais não vai custar caro, vai custar apenas algum tempo e salvar sua vida de um futuro desgaste.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade