Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas Psicologia positiva

Journaling: escrever um diário tem efeito terapêutico

Precisamos cuidar de nossa vida e nos dar mais qualidade de vida, bem-estar. Somos os únicos responsáveis por mudar nossa vida


21/02/2021 04:00 - atualizado 18/02/2021 11:27




Muitos pensam que isso é coisa de adolescente. Só que não! Isso pode ser uma forma de terapia, autoterapia também. Principalmente em tempos difíceis, em que precisamos digerir emoções, podemos fazer um diário e nele colocar nossos sentimentos, emoções, desabafos.

O Dr. Joseph Pennebaker nos trouxe a luz sobre a escrita expressiva – fazer um diário por cinco dias consecutivos, escrevendo por 20 minutos diários; no quinto dia, o nosso “curador interno” traz repostas maravilhosas e nos ajuda a digerir emoções negativas.

Pennebaker fez um maravilhoso trabalho sobre a escrita expressiva e o quanto ela pode impactar nosso bem-estar. Ele é professor de psicologia na Universidade do Texas, em Austin.

A escrita expressiva é um ato revolucionário. Pode ser feito em qualquer lugar, leva menos tempo do que uma xícara de café, é gratuito e, o melhor de tudo, cientificamente comprovado para melhorar a forma como processamos problemas que comprometem a qualidade de vida de uma pessoa.

O Dr. Pennebaker explica que a escrita expressiva nos ajuda a reavaliar as fontes de luto ou trauma. E no momento que vivemos, todos estamos um pouco ou muito traumatizados.

Ele se refere a esse processo como "correção do curso de vida".

E precisamos de ajuda...

Por isso, trouxe aqui esse tema como uma autoajuda que você mesmo se dará. Está triste, com raiva, irritado, pesaroso ou com medo do que estamos vivendo?

O Dr. Pennebaker nos sugere fazer o diário da seguinte maneira:

1. Reserve 15 minutos por três ou quatro dias consecutivos;

2. Use esse tempo para escrever livremente sobre um único problema que está causando ansiedade ou dor;

3. Escreva 15 minutos por dia, durante três dias consecutivos. Dê a si mesmo tempo suficiente para escrever sem interrupções. Identifique um único problema que deseja resolver. Explore exaustivamente as emoções e pensamentos ligados a esse assunto. Pergunte a si mesmo por que está experimentando emoções específicas. Ligue os pontos. Como esse evento se relaciona com relacionamentos ou eventos em seu passado?

4. Observe o que vai acontecer após o quarto dia de escrita!

Ele nos diz que, em sua vasta experiência com escrita expressiva, temos uma forma automática de digerir nossos problemas. E assim, mesmo que não tenhamos uma ajuda de fora, podemos contar com nossa presença sentida na escrita, a reconexão conosco através de expor o que sentimos ao escrever, tomamos consciência e sentimos mais. O sentir já automaticamente nos faz refletir – olhar para dentro e buscar maneiras de aceitar e mudar nossa vida.

Desde 1980, ele vem pesquisando os benefícios da escrita expressiva num diário e viu que podemos melhorar muitos aspectos, entre eles alguns muito importantes para o momento que vivemos:

1. Melhora imunidade

2. Melhora o sono

3. Melhora saúde mental

4. Regula a pressão sanguínea

5. Reduz a dor de doenças crônicas

Uma das funções do cérebro é nos ajudar a entender os eventos em nossas vidas. A escrita ajuda a construir uma narrativa para contextualizar o trauma e organizar as ideias. Até que façamos isso, o cérebro repete os mesmos padrões de pensamento não construtivos indefinidamente e ficamos presos.

Escrever sobre luto e trauma ajuda a alcançar o discernimento e, com isso, o desfecho que podemos dar ao problema. Dessa maneira, informa ao cérebro que seu trabalho está concluído. Esse fechamento nos libera para seguir em frente.

Como disse ele: “A escrita expressiva nos dá a oportunidade de recuar e reavaliar questões em nossa vida”. Bom, espero que eu possa ajudar você a ver seus problemas com outros olhos, o de sentir através da escrita expressiva.

Você vai elaborar melhor tantas dores que tem passado e não vai cair fora sem resolver na bebida, na comida, nos jogos, nas compras, seja no que for.

A vida é curta demais para só ficar lamentando. Precisamos observar. Estou reclamando muito? É sinal de que estou preso em alguma pendência. Volte lá, escreva sobre o assunto por quatro dias seguidos e depois no quinto dia se reavalie.

Precisamos cuidar de nossa vida e nos dar mais qualidade de vida, bem-estar. Somos os únicos responsáveis por mudar nossa vida. Não podemos, muitas vezes, mudar o que nos acomete, como essa pandemia. Mas podemos mudar o COMO VAMOS VIVER.

Está agora em suas mãos digerir emoções negativas, focar no que funciona, apreciar cada momento de sua vida, apreciar o belo, cuidar de sua saúde física, respirar fundo e seguir com calma, digerindo vagarosamente tudo que vier. Você é humano e por isso sente, senão estaria morto.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade