Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

O Congresso Nacional é um antro de calhordas

"Quem faz as leis são os próprios bandidos. E quem os julga são os parceiros de crime. Ao povo, resta o mais importante de todos os papéis: colocá-los no poder"


postado em 20/09/2019 06:00 / atualizado em 19/09/2019 12:05

(foto: Flickr)
(foto: Flickr)

Já não bastassem as notícias nauseantes, expelidas pelas cloacas dos palácios do Planalto e da Justiça, chegou a vez da última ponta desse triângulo dos horrores abrir a caixa de maldades. Eu custo a acreditar que exista no mundo classe política tão abjeta quanto a nossa.

Após o recuo estratégico do Senado, na noite de terça-feira passada, a Câmara dos Deputados votou nessa quarta (18), de forma fatiada, as novas regras eleitorais. Senhoras e senhores, escárnio é pouco! Sentem-se, respirem fundo, tomem dois Engovs e dois Lexotans e leiam o que segue:

Com as novas regras, eu, você e os duzentos e dez milhões de otários que pagam impostos acachapantes, bancaremos os advogados de defesa de Lula, Sergio Cabral e Eduardo Cunha, apenas para citar os mais notórios, nos crimes conexos às campanhas eleitorais. Ah! Os gastos são ilimitados!!

Calma que é só o começo...

O partido político que roubar, como o PT, PP e MDB; ou fraudar as regras eleitorais -- como o PSL e seu laranjal -- e for pego, julgado e condenado, poderá quitar as multas impostas pelo TSE com a nossa grana. Ou seja: eles delinquem e nós pagamos.

Acharam absurdo? Não viram nada.

 

                             Leia também: Dias Toffoli só pensa em unir o Brasil

 

 

A sede do partido está velhinha, caidona? Tranquilo. Nosso dinheiro poderá ser usado para compra ou reforma de imóveis. Por exemplo: um dirigente partidário imbuído de má-fé (eu sei que isso não existe e que todos são honestíssimos), decide comprar um barracão ou reformar o imóvel atual. Ele poderá gastar como quiser, inclusive superfaturando a obra ou supervalorizando a nova casa. Quem controla? Ele mesmo. Quem fiscaliza? Ele mesmo. Quem pode impedir? Ninguém.

Os remédios que recomendei fizeram efeito? Espero que sim, pois não terminou.

Todos conhecem a Lei da Ficha Limpa, certo? Se alguém tiver uma condenação colegiada, não pode disputar as eleições. Se responder a processo ou já tiver sido condenado em 1ª instância, disputará correndo o risco de ter o mandato cassado, caso eleito, se condenado em 2ª instância. Pois é. Mudaram. Agora, se um criminoso registrar a candidatura antes da condenação colegiada, um abraço! Poderá disputar normalmente as eleições.

Entendem agora por que o dinheiro que nos roubam nunca é suficiente? Entendem por que precisam de mais 2.5 bilhões de reais (além do atual 1.8 bilhão) apenas para 2020? Entendem por que precisam reformar a Previdência, aumentar os impostos e diminuir as verbas para educação e saúde?

 

               Leia ainda: Lula, Bolsonaro e companhia conseguem piorar o que já é ruim

 

Entendem por que 50% dos candidatos, em 2018, respondiam a processos judiciais? Ou por que um em cada três senadores responde a acusações criminais? Ou ainda por que 1/3 do Congresso é acusado de crimes como corrupção, lavagem de dinheiro, assédio sexual, estelionato e enriquecimento ilícito?

Neste triste pedaço de terra perdido na América do Sul, quem faz as leis são os próprios bandidos. E quem os julga são os parceiros de crime. Ao povo, resta o mais importante de todos os papéis: colocá-los no poder.

Aceita uma dose de Rivotril + Omeprazol para completar?

Em tempo: Aplausos ao Partido Novo, que não utiliza um único centavo do Fundo Eleitoral, e aos deputados de outras legendas que votaram contra esse atentado ao povo brasileiro e à democracia. 


Publicidade